1. Arquivos
  2. China

China: tráfico de vacinas vencidas e perigosas apavora a população

12 de maio de 2016 - 19:59:04

Tratava-se de 25 vacinas diversas, inclusive contra o pólio, a raiva, a hepatite B e até contra a gripe, segundo a revisa chinesa “Caijing”.

Só que a detenção acontecera há mais de um ano e, sem embargo, o tráfico continuou, até tornar-se público e notório. O governo socialista diz que agora deteve 130 membros da inescrupulosa rede.

O esquema do escândalo é bem conhecido pela população, que já o vem experimentando em diversas formas há muitos anos. Membros do Partido Comunista ou dos governos central ou regionais dirigem redes de venda de materiais estragados – remédios, alimentos, etc. –, e quando a situação fica indissimulável, prendem alguns “laranjas”.

Na Internet chinesa correram notícias denunciadoras, logo antes de serem deletadas pela censura oficial: uma criança de 6 anos morreu em Guangdong (sudeste do país) em consequências da vacinação.

As vacinas vencidas relembraram outros escândalos sanitários, infelizmente muito numerosos na China: carne podre, óleo estragado reciclado, falsos medicamentos, e o mais famoso de todos: o leite em pó encontrado com veneno químico que intoxicou 300 mil crianças e matou pelo menos seis delas.

am
Para inglês ver: agentes marxistas inspecionam vacinas em Guangxi Zhuang

O segundo responsável pela Administração dos Produtos Alimentares e Medicinais, citado pela CCTV, a televisão do Estado, reconheceu que “um grande número de vacinas foi distribuído por redes ilegais sem que as autoridades percebessem em tempo”, informou o site 20minutes.fr.

O governo prometeu um inquérito “profundo”, cujo resultado os chineses conhecem muito bem: nada será apurado e o Partido Comunista ficará intocado.

http://pesadelochines.blogspot.com/