1. Arquivos
  2. Movimento Revolucionário

E querem que eu vote?!

19 de março de 2010 - 20:47:07

Realmente, me meti numa armadilha: atacar Serra, como se tivesse alguma importância o nome do candidato desta empulhação da esquerda fabiana e globalista que é o PSDB. Este partido não passa da direita nomeada pela esquerda para fingir de oposição. PT e PSDB são serpentes gêmeas nascidas do ovo USP bastante fecundadas pela UNICAMP. Votar num ou n’outro é exatamente a mesma coisa. Como eles mesmo admitem, a luta entre os dois é uma farsa, não há nenhuma oposição ideológica.

O EVENTO:

LEGITIMANDO E APROVANDO A COLIGAÇÃO DEM-PSDB-PPS-PV NO RIO DE JANEIRO

Nesta segunda-feira (15), em reunião interna, com a presença de parlamentares, da direção do DEM, de prefeitos, de representantes dos diretórios de todo o Estado e dos pré-candidatos, além dos pré-candidatos a governador, vice-governador e senador, a assembléia geral do DEM aprovou a coligação que terá Gabeira (PV) como candidato a Governador, Márcio Fortes (PSDB) para Vice e César Maia (DEM) para o Senado. O encontro teve início às 9h20 com a presença além de Rodrigo Maia, Cesar Maia e Gabeira (PV), dos parlamentares do DEM Índio da Costa, Solange Amaral, Rodrigo Dantas, João Pedro do PSDB – Luiz Paulo Corrêa da Rocha, Ronaldo Cezar Coelho, Márcio Fortes e Marcelo Itagiba e do presidente regional do PPS Comte Bittencourt. Gabeira foi bastante aplaudido e deixou claro que é chegada a hora do Rio de Janeiro ter um governador com preocupações planetárias, como a questão ambiental, e locais como a recuperação da relação dos políticos com o povo que já está deteriorada: “a luta contra a corrupção é uma luta importantíssima. Vamos criar um governo inteligente para criar uma sociedade inteligente”. (Meus grifos)

4435114361_aa22f85e7d

(MAIS FOTOS)

AS CONSIDERAÇÕES

César Maia já foi brizolista, aliou-se à esquerda comunista, passou a ser o ‘líder da direita’ no Rio – segundo sua exclusiva opinião – e para isto deu o nome de Carlos Lacerda à Linha Amarela. Agora é do DEM, cujo Presidente é seu filho Rodrigo, um partido que se diz da oposição de direita, conservador, mas se esforça para ser uma risível cópia caipira da esquerda do Partido Democrata americano. Papai Maia, um dos piores Prefeitos que já tivemos – e olha que os cariocas têm excelente pontaria: sempre acertam o pior! – que é quem manda mesmo, agora, sendo conservador, se alia ao velho e rançoso Partidão (PPS), aos tucanos e ao PV (pra que serve isto?) para lançar um ex(?) terrorista e seqüestrador (o que fariam com o Embaixador seqüestrado se o governo não tivesse cedido?) ao governo planetário do Rio de Janeiro que vai criar uma sociedade inteligente. Ôba, ainda bem que moro aqui, se o Gabeira ganhar, meu QI aumenta 100% e ainda me torno cidadão planetário! (Será que o gajo já anda morando noutro planeta?)

Papai Maia é tão, mas tão conservador que ser um César não lhe basta: tal como os Faraós passou seu último mandato construindo exclusivamente um mausoléu, um mastodonte inacabado na Barra da Tijuca, e para fazer inveja a Quéops denominou-o Cidade da Música. Dedicou-se com tal afinco à sua obra magnífica que hoje em dia os automóveis viraram liquidificadores, tal o estado do revestimento (ôops!) asfáltico (?) das ruas do Rio, provavelmente igual às estradas do antigo Egito.

A PERGUNTA

Do outro lado teremos o candidato do pêemedebê, do petê e sei lá mais o quê!

E querem que eu vote?! Fala sério!

 

{slide=Artigos Relacionados}{loadposition insidecontent}{/slide}

{slide=Artigos do Mesmo Autor}{loadposition insidecontent2}{/slide}