1. América Latina
  2. Arquivos

UnoAmérica apóia o povo argentino frente às agressões de Chávez

1 de junho de 2009 - 5:11:17

A mais recente foi confiscar as propriedades de empresários argentinos na Venezuela, porém essa é apenas a última de muitas outras, entre elas: o financiamento a grupos violentos, como os chamados “piqueteros”, o apoio a grupos pró-terroristas, como as Mães da Praça de Maio, o envio de valises repletas de dinheiro para financiar campanhas eleitorais, a intervenção indevida em seus assuntos internos, ao organizar protestos contra os Estados Unidos em território argentino e a compra de bônus da dívida para fomentar negócios corruptos.

Do mesmo modo, a UnoAmérica manifesta seu total e absoluto respaldo aos parlamentares argentinos que procuram suspender o ingresso da Venezuela governada por Chávez no Mercosul. Trata-se de uma decisão sábia e prudente, não somente porque reafirma a dignidade e a soberania dos argentinos, mas porque protege essa nação da ação dos grupos terroristas vinculados ao governo venezuelano, entre eles, as FARC e o fundamentalismo islâmico.

Finalmente, as organizações não-governamentais venezuelanas pertencentes à UnoAmérica, entre elas a Fuerza Solidaria, oferecem suas mais sentidas desculpas aos argentinos pelo comportamento inaceitável de Chávez frente a esse povo irmão. Suas ações não representam o sentimento dos venezuelanos que, pelo contrário, as rechaçam e as criticam.

*Presidente de UnoAmérica.

Tradução: Graça Salgueiro

{slide=Artigos Relacionados}{loadposition insidecontent}{/slide}

{slide=Artigos do Mesmo Autor}{loadposition insidecontent2}{/slide}