1. Arquivos
  2. Outros

UnoAmérica incomoda, senhores? Lamentamos profundamente!

3 de outubro de 2009 - 20:26:09

Ao comparar o gigantismo do Foro de São Paulo com a imensidão de UNOAMÉRICA, da qual o próprio autor só conseguiu reunir cinco nomes, matutei por que será que eles estão tão incomodados? E aí lembrei de dois exemplos da zoologia.

O animal mais temido pelos elefantes é o majestoso… rato! Este o ameaça porque pode penetrar de forma ‘sorrateira e silenciosa’ pela sua tromba ou outros orifícios anatômicos e roê-lo por dentro. Já o gavião, temida ave de rapina, jamais ataca um majestoso… beija-flor! Este voa de ré e só pode ser pego quando cansa, mas antes disto inverte o vôo e aquele belíssimo bico com que suga as flores é arremetido a um dos olhos do predador, cegando-o!

Mas vamos aos fatos: em que consiste o Brasil de Fato? Alex Brum Machado, membro de UNOAMÉRICA – o sexto já, cuidado, estamos crescendo a olhos vistos! – e exímio pesquisador internáutico que concordou em ser citado, deixando de ser ‘sorrateiro e silencioso’, concluiu que De Fato é de fato “teúdo e manteúdo” pela ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE COOPERAÇÃO AGRÍCOLA, ANCA, ONG ligada ao MST e que já teve seus bens bloqueados. Fazem parte de seu Conselho Político João Pedro Stédile, Achile Lollo, Emir Sader, Leandro Konder, Fernando Morais, César Benjamim, Pedro Ivo, Raul Pont e mais uma montanha de gente da mesma laia. Foi acusada pelo Ministério Público Federal de repassar 3,6 milhões de reais ao MST – quantia que poderia servir para contratar um professor de história americana contemporânea para o Adriano – e a Senadora Kátia Abreu solicitou ao Banco Central informações sobre repasse de recursos do exterior à ANCA e outras entidades ligadas ao MST. Seu servidor ‘dns’ é uma outra entidade ligada ao MST, a CEPATEC.

Embora as informações que constam do artigo sejam todas públicas, lembro que há não mais de um mês fui contatado por um tal Leandro Ribeiro que a mim se apresentou como estudante de jornalismo e leitor assíduo do meu site e meu fã,  pedindo que lhe concedesse uma entrevista sobre UNOAMÉRICA, da qual se dizia seguidor e admirador. Desconfiei e dei algumas informações das quais ninguém tinha conhecimento, a não ser a execrável golpista Graça Salgueiro. Vejam a primeira pergunta e a resposta:

1) ‘LEANDRO RIBEIRO’: O que gerou a iniciativa da UnoAmerica de ser representada no país? Ocorreu algo que motivasse a iniciativa?

HEITOR DE PAOLA: A idéia de uma organização que se opusesse ao Foro de São Paulo praticamente nasceu aqui. Mais propriamente em São Paulo, durante o Seminário sobre Democracia e o Império das Leis que organizei em 2006. Alejandro Peña Esclusa, que foi convidado, já veio com esta idéia e aqui a consolidou. Conversamos sobre isto e, num último café da manhã, eu disse que seria muito difícil encontrar aqui quem aderisse à idéia. Ele então passou a organizar desde a Venezuela com base na organização Fuerza Solidária que ele já presidia há anos.

e o que saiu no artigo De Fato:

A iniciativa de fundação da organização teria surgido no Brasil. Em 2006, Heitor de Paola, atualmente um dos delegados brasileiros da UnoAmerica, organizou em São Paulo (SP) o “Seminário sobre Democracia e o Império das Leis”. A partir de conversas informais entre ele e Esclusa, decidiu-se institucionalizar o combate ao que chamam de “eixo-do-mal latino-americano” (deve ter comprado meu livro, o gajo, muito grato!), composto por todos os governos oriundos de lideranças que fizeram parte do Foro de São Paulo, nos anos 1990.

Quanto à posição de Hugo Chávez:

6) ‘LEANDRO RIBEIRO’: Qual a sua opinião sobre o momento político que se vive nos países da América Amazônica? E quanto ao Cone Sul?

HEITOR DE PAOLA: Nos dois casos há o predomínio quase absoluto do Foro de São Paulo, fundado por Lula e Fidel Castro, do qual Hugo Chávez não passa de bucha de canhão.

No De fato:

Para eles, as principais lideranças seriam Lula e Fidel Castro (Cuba), sendo que Hugo Chavez não passaria “de bucha de canhão”.

É impressionante como esta turma de idiotas adora parecer ter descoberto informações secretas de algo que seria uma ‘sombra nebulosa que se aproxima sorrateira e silenciosa’ quando tudo o que dizem saiu na imprensa e está à disposição em vídeo, som ou por escrito. Se o tal Leandro me diz ‘sou do PT e quero saber o que vocês estão fazendo’ eu responderia igual! Mas não, são ‘sorrateiros e silenciosos’ porque esta é a sua natureza malévola, a qual projetam nos outros porque não podem conceber que ninguém os combata abertamente.

Estamos incomodando? Lamentamos profundamente! Mas não esqueçam o ditado: os incomodados que se mudem! (Para Cuba, não seria uma boa idéia?)

*

Os movimentos conservadores, ditos de direita, começam a incomodar os globalistas (e “liberais” americanos). A importância crescente de Unoamérica foi reconhecida pelo Brasil de fato, órgão ligado ao PT (leia Organização de extrema-direita ronda o Brasil). O Instituto Millenium, foi atacado como reduto de conservadores (leia Instituto Millenium, catalisador de ideias conservadoras). Nos EUA, um dos maiores porta-vozes do “liberalismo”, leia-se esquerda globalista, Thomas Friedman do New York Times, atacou duramente os conservadores (leia Para onde ‘nós’ fomos?).

Tudo isto tem relação com a ‘crise hondurenha’, com o belíssimo exemplo de uma “ditadura” que derrubou um presidente democraticamente eleito e resiste há três meses ao maior assédio da história pela ‘comunidade internacional’! Honduras está dominada por uma temível “ditadura” que se opõe às práticas democráticas de controle absoluto pelas maiorias: a ditadura da LEI!

{slide=Artigos Relacionados}{loadposition insidecontent}{/slide}

{slide=Artigos do Mesmo Autor}{loadposition insidecontent2}{/slide}