1. Media Watch
  2. Ambientalismo

Descoberta exorciza pânico de falta de água doce

17 de maio de 2017 - 6:13:55

Luis Dufaur

Filtro de grafeno é tão fino que deixa passar as moléculas de água mas bloqueia os sais

Felizmente, mais um pesadelo maquinado nos laboratórios do ambientalismo neocomunista parece ter-se desfeito como um pesadelo à luz do sol. E isso em virtude do talento humano aplicado, da ciência e da tecnologia bem ordenadas a seus fins.

“Verdes”, mas também alumbrados das esquerdas e Campanhas da Fraternidade, entre outros, ficavam martelando que a água doce escasseia, é rara e cara. E jogavam a culpa na civilização moderna, que a usaria inescrupulosamente.

A ficção vem acompanhada de ilustrações propagandisticamente aterradoras e projeções para um futuro que nenhum dos homens hoje vivos poderá conferir.

Porém, o bom senso e a ciência objetiva falavam outra linguagem: água há à vontade no planeta. E se ela vier a faltar, a inteligência que Deus deu ao homem aí está para resolver os problemas até nas regiões naturalmente mais secas.

Mais de 70% da superfície do planeta está coberta pela água salgada dos mares. Ela não poderia ser dessalinizada e aproveitada?

A dificuldade consistia em que as técnicas para dessalinizar em grande escala são caras.

Agora, pesquisadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido, excogitaram uma ‘peneira’ de grafeno que remove o sal da água do mar a baixo custo. A invenção, segundo a BBC, tem o potencial de ajudar milhões de pessoas sem acesso direto à água potável.

Os resultados da pesquisa foram divulgados na renomeada publicação científica Nature Nanotechnology.

O grafeno é uma das formas cristalinas do carbono, como o diamante e o grafite, mas muito fácil e barato de produzir.

Seu derivado químico, o óxido de grafeno, é altamente eficiente na filtragem do sal, muito melhor que as membranas de dessalinização existentes.

O grafeno, descoberto em 1962, foi pouco estudado até que pesquisadores da Universidade de Manchester, analisando em 2004 sua estrutura, verificaram que consiste em uma camada fina de átomos de carbono organizada em uma espécie de treliça hexagonal.

Sua força elástica e condutividade elétrica tornaram-no um dos metais mais promissores para futuras aplicações.

Rahul Nair, que liderou a pesquisa, revelou, no entanto, que o óxido de grafeno pode ser feito facilmente em laboratório, informou “La Nación” de Buenos Aires.

Nair e seus colegas puderam ajustar as membranas de grafeno para deixar passar mais ou menos sal de modo mais eficiente e muito mais econômico que os filtros conhecidos até agora.

O grafeno já começava a ser considerado o material do futuro quando a equipe criou o filtro que resolveria a escassez de água potável e que é capaz de ser produzido em escala industrial.

“O óxido de grafeno pode ser produzido por simples oxidação em laboratório”, explicou à BBC Rahul Nair, chefe da equipe. “Para produzi-lo em grande volume e pelo custo, o óxido de grafeno tem uma vantagem potencial”.

“Nós conseguimos controlar a dimensão dos poros na membrana e efetivar a dessalinização que antes não era possível”, sublinhou Nair.

A descoberta deverá ainda passar pelo crivo da indústria de baixo custo e da resistência ao contato com a água do mar. Mas seu desenvolvimento é promissor.

https://ecologia-clima-aquecimento.blogspot.com.br

  • Iason Souto

    Não acredito na escassez de água, mas por outras razões, existe água sobrando. E estão mentindo para nós!

    • Forkert

      Que estão mentindo pra nós, não alienados, é óbvio. Só que 99% acredita na mentira deles. E este embuste universal só vai começar a ruir, quando a porcentagem de alienados começar a diminuir. Na minha concepção, caso a porcentagem de alienados diminua uns 10%, já basta pra detonar a farsa toda. Não me lembro bem, quem expressou este pensamento: “É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las que estão sendo enganadas”. Isso sempre foi assim.

  • Ed Carlos

    Lindo planeta, o nosso potencial em desvenda-lo é incrível, nosso planeta é o jardim do sistema.
    A humanidade deveria sempre incentivar seus filhos no caminho da ciência, a estudar por querer compartilhar conhecimento, e não incentiva-los a disputas.
    Nunca ficaremos sem agua, mais fácil ficarmos escassos de cientistas por falta de ciência.

  • Pedro Vaz

    É importante que o MSM mostre também a ciência sem máscara! Se alguém quer conhecer a ciência sem o filtro tendencioso globalista, que é grande, pode acessar o canal Ciência de Verdade no YouTube. O canal é de um geólogo e ex professor da USP chamado Afonso, que é Cristão e trata dessas questões de forma aprofundada e científica. Assim como o MSM é restaurador o canal que indiquei é também, além de essencial a qualquer Cristão.

    • Eduardo Freitas

      Sempre assisto aos vídeos desse canal.
      O professor Afonso tem uma ótima didática e o conteúdo é de grande relevância.

    • Guilherme

      O Ciência de Mentira é um conspiracionista que de ciência não entende muito.

    • Aaron DiBona

      Gosto do canal, seu diretor, se nao me engano chama Afonso

    • Gustavo Costa de Oliveira

      só quando adentra na teologia, o Prof. Afonso diz algumas besteiras.. mas ainda assim, muito menos que a média dos que se aventuram nesse assunto

    • Gustavo Costa de Oliveira

      há muitos “cientistas” que quando perguntados sobre seus feitos, dizem: publiquei na revista tal e tal, ganhei o prêmio tal.. e sempre fica a questão “essa revista é séria?” “o prêmio tal nao foi ideologicamente orientado?”..

      nao dá pra saber de primeira se o cientista é bom, ou se só é “incensado”…

      pra mim a maior prova de que o prof. Afonso é competente, é o fato de ele ser milionário.. significa que gente botou a mão no próprio bolso e voluntariamente pagou

  • fbl

    Esse site precisa ser divulgado aos jovens…Mais gente precisa ler urgentemente.

  • Igor Abreu Tormin

    Estava desesperado pq não consegui acessar o site por meses, graças a Deus vcs estão de volta!

  • Fernando

    Com todo o respeito ao pessoal do MSM mas colocar pequenas notas soltas do Olavo não é algo muito produtivo, essas notas a gente lê no twitter, facebook…Chega a ser decepcionante clicar na notícia pensando ser um artigo e vem uma nota de 8 linhas.

    • marcelo

      Na boa, notas de 8 linhas do Olavo costumam apresentar mais conhecimento que textos inteiros de bons escritores, são resumos de grandes sacadas. o maximo que se poderia modificar seria ao por-se um nome na seção especificando “notas do Olavo”

      • Mauro V. Bueno Jr.

        Acho que criar uma seção chamada “notas do Olavo” ficaria melhor mesmo.

  • Walisson Silva

    Ainda bem quem eu gosto de comer PRIKITO. A libido brasileira está indo para o mesmo caminho, basta dar uma olhadinha rápida nos jovens do 3° ano do EM e verá que o sexo não passa somente um ato nojento. O sexo aqui está passando para o virtual. Posso bater uma pra você ou você bate uma pra mim? não… liga sua webcam.

  • WLUIZ TRI

    “E jogavam a culpa na civilização moderna, que a usaria inescrupulosamente”. Isso é verdade, mas que o uso inescrupuloso da água existe isso é fato. Então é preciso acabar com essa falacia da falta d’água sim, mas é preciso manter a conscientização para evitar desperdícios pois temos ciclos de cheias e de secas sendo que a falta de controle pode afetar os períodos de seca.

    • Guilherme

      Tenho um professor que disse que chama a policia se ver gente lavando o carro ou calçada com mangueira, eu acho que o cara do texto se referiu à esse tipo de mentalidade.

    • Gustavo Costa de Oliveira

      que bárbaro esse seu professor, aposta tudo na violência

  • Aaron DiBona

    kkkk, lendo esse texto primoroso , lembrei-me de Olavo numa ocasião dizendo q toda vez q ele acredita em comunista, acaba mais dia menos dia descobrindo a armaçao, comunista sempre mente, e novamente ai esta a verdade, agua potavel tem muita, a questao nao e’ de escasses e sim de gerenciamento, algo que comunista nao gosta muito, porque dai a mentira nao mantem, por isso quando estao no poder peseguem a destruicao e a desordem com tamanha dedicaçao

  • José Silva

    Fui conferir o canal Ciência da Verdade, indicado por um comentador. Bom, o autor do canal sustenta que o homem não foi à lua e que a Terra é plana. Interessante.

  • Luiz Otavio Almeida

    Ah! Estava com síndrome de abstinência do MSM!!!

  • Marcos Menezes

    A verdade sempre aparece.

  • Forkert

    Hoje tenho 60 anos e, quando cursava o primário o establishment já afirmava que a água doce iria acabar. E, que a dessalinização da água do mar era um processo muito caro. Não acredito em mais nada em que o establishment deseja que nós cidadãos comuns acreditemos. O processo mais simples e perfeitamente natural para dessalinizar a água do mar já vem ocorrendo desde que o mundo é mundo, onde a água do mar, através do calor do sol, passa do estado líquido ao estado gasoso e, quando ela é resfriada volta a seu estado líquido sem sal algum. Processo que chamamos de destilação. Toda chuva que cai, é água destilada, água doce.

  • Forkert

    Fernando de Noronha não tem lençol freático de água doce. Mas lá, quando chove, a água que cai é doce. A mesma coisa acontece em qualquer ilha, por mais distante que esteja do continente. A chuva que cai, sobre a terra, nunca é salgada. Antigamente ninguém comprava “água mineral”, hoje a grande maioria compra. Por quê será?

  • Aaron DiBona

    Conde não e’ mais colunista?