1. Brasil
  2. Governo do PT
  3. Colunistas

O Brasil pós Lula

13 de julho de 2017 - 23:39:56

A sentença prolatada pelo juiz Sérgio Moro do Lula, condenando Lula a 9 anos e seis meses de prisão, praticamente decretou a sua morte política. O período que se abre agora até a confirmação da sentença em segunda instância será apenas um prolongado velório e, como todo velório, terminará no sepultamento político do ex-presidente. A pergunta que se coloca é o que será do PT sem Lula candidato e como ficará a política partidária do Brasil sem a figura do ex-presidente.

Não há dúvida de que a mais singular criatura a aparecer no cenário político nacional no último quartel do século passado foi o PT, capitaneado pelo carrancudo Lula. A esquerda mais revolucionária alinhou-se com ele e acabou chegando à Presidência da República em 2002, tendo ficando por 14 anos no poder, oito anos sob a presidência de Lula e os demais sob Dilma Rousseff, cujo mandato foi interrompido pelo impeachment. O PT singularizou-se pelo discurso “ético”, mas, como demonstrou Olavo de Carvalho, essa ética revolucionária é o oposto da ética do senso comum cristão, é a própria cartilha de intenção de crimes revolucionários. Ademais, a intenção de “mudar tudo que está aí” nunca foi escondida, algo que só poderia ser feito mediante ou golpe de Estado ou passando por cima do ordenamento jurídico. Foi o que foi feito com o mensalão e com o petrolão e toda a prática criminosa resultante da tentativa de perpetuação no poder.

O problema é que o PT jamais teve maioria parlamentar e foi obrigado a se aliar ao PMDB que, nesses anos todos, serviu de freio aos anseios revolucionários do PT. As falcatruas derivaram da tentativa de alugar uma base aliada obediente, disposta a aprovar tudo. Houve erro de cálculo, pois a tal base nunca votou incondicional. As três grandes derrotas parlamentares sofridas foram justamente de autoria desse partido: a recusa da CPMF, a negação do terceiro mandato a Lula e o impeachment de Dilma Rousseff. A única força de oposição eficaz que o PT teve foi o PMDB.

A contradição óbvia vivida pelo PT é ter uma plataforma revolucionária sendo implantada dentro da ordem democrática, numa sociedade aberta com imprensa livre. O PT colocou foco na nomeação dos juízes das cortes superiores, que passaram a interpretar a Constituição contra a letra do que nela estava escrito. Mesmo assim, vieram as condenações do mensalão no STF, pois no campo penal não há muito o que interpretar diante das provas. Seus líderes foram condenados, exceto Lula, protegido que foi pela Procuradoria Geral, fato que lhe permitiu escapar do impeachment.

Ao PT agora resta ou assumir de vez sua face revolucionária e, ato contínuo, eleger a violência como instrumento de chegada ao poder, ou se enquadrar na legalidade e se tornar um partido nanico, sem bandeiras e sem recursos. O ajuntamento de revolucionários que se tornou a sigla poderia então se dissolver, pois já não teria serventia para os propósitos revolucionários.

Em face da idade, Lula deve encerrar sua carreira política lutando pela liberdade pessoal nas barras dos tribunais. Deixou de ser líder político relevante, na verdade já está fora da política eleitoral, fonte que foi de seu poder durante toda vida. Sem votos, Lula não é nada e ele agora não pode mais pleitear cargos eletivos, a se confirmar a sentença de Sérgio Moro em segunda instância. O vácuo político deixado por Lula e pelo PT parece estar sendo preenchido pela emergência de forças de centro-direita. O partido mostrou-se frágil demais sem a figura demagógica do seu líder máximo, Lula.

A eleição de 2018 promete uma renovação radical dos nomes propostos pelas agremiações políticas. Não se sabe quem sairá vencedor, mas sabemos quem será o grande perdedor: o PT. Já foi assim em 2016. O partido vai desidratar de vez, dando lugar a novas forças que deverão emergir.

Quem viver verá.

www.nivaldocordeiro.net

 

  • Hattori Hanzo

    …mas não vamos esquecer dos comunista do PMDB e muito menos da máquina burocrática.
    A Batalha será travada no campo do estamento burocrático.

  • José Amaro

    Tenho comigo um pequeno livro em que está escrito o seguinte: “Cada posição tem sua perspectiva de visão e de ocultamento. Cada ponto de vista é a vista de um ponto. Evidentemente, nem todas as posições se igualam para observar a realidade”. Porra! (sem emoção), que loucura é essa? Façam uma pequena visita na página http://www.klickeducacao.com.br/bcoresp/bcoresp_mostra/0,6674,POR-971-8056,00.html para constatar o nome dos 90 ministros entre 2003 e 2010, e para cada um deles, imaginem a quantidade de militantes. É possível falar em desidratação fatal, exceção óbvia para os falecidos?

    • Tulio Stephanini

      Amigo achei a citação interessante, pode me dizer o nome do livro e o autor?

      • José Amaro

        A citação é vazia. Escreve o autor que os artigos “surgiram do olhar do teólogo sobre o cotidiano” e foram feitos para um jornal da Paraíba. Waldemir Santana no seu livro ‘Reflexões do cotidiano’ sobre a vocação política: “a comunidade política, sob diversas formas históricas, encontra sua origem na sociabilidade humana. Desta forma, a política responde de modo imediato à natureza interna do homem, que estabelece vínculos de convivência determinando formas soberanas de organização e governo.”
        “Todos nós recebemos o impacto mental de um caos intolerável e sofremos por isso de graves deficiências de percepção e de julgamento”, citado na breve exposição do professor Olavo de Carvalho:

  • Márcio Luís Chila Freyesleben

    Brilhante e preciso como sempre, Nivaldo.
    Se o PT, ao chegar ao poder, tivesse adotado uma linha populista, sua sorte teria sido outra. Preferiu, no entanto, adotar a agenda globalista da ONU e de George Soros (desarmamento, aborto, gayzimo, multiculturalismo, pluralismo, etc.), fracamente contrária aos interesses de uma população majoritariamente cristã e conservadora; selando, assim, o seu destino político.

    • Adotar uma linha populista até que eles adotaram em grande parte. O problema é que eles roubaram tanto e deram dinheiro a tanta gente que não tinha renda para pagar, que a grana acabou muito antes do planejado por eles.

      A gastança foi tanta que o dinheiro se esgotou antes que eles conseguissem completar o aparelhamento completo do estado.

    • Rafael

      Não, ele fez justamente uma composição de classes, essa “agenda globalista” foi só para inglês ver.

  • fbl

    Deus lhe ouça. Para o bem do Brasil e até da América Latina, que esse tipo de política esquerdista revolucionária seja extinta da cabeça dos brasileiros e comece sendo eliminada das escolas e universidades, onde essas lideranças interessadas em botar a mão no dinheiro dos outros atuam de forma extremamente covarde e ilegal aliciando crianças e adolescentes em formação. Que as pessoas comecem a estudar mais para entender a origem dos nossos tantos problemas na sociedade brasileira, decorrentes justamente desses que se auto entitulam justiceiros sociais, pais e mães do povo brasiliero e sao os mais interessados em promover o caos economico e social sorrateiramente para se perpetuar no poder com discursos populistas.

    • Rafael

      Não se preocupe com a esquerda, estão acovardados e não ameaçam ninguém, só os conspiracionistas do foro de sao paulo

      • fbl

        E quem são os “conspiracionistas” do Foro de São Paulo?

        • Rafael

          Esse povo que vê comunista/comunismo em tudo, sendo que a esquerda é uma derrotada na história mundial e não apita mais em nada.

          • fbl

            Tem certeza que vc ta sabendo identificar o que se chama de esquerda, socialismo e comunismo? Petismo, chavismo e foro de sao paulo vc acha q sao oq? A esquerda nao apita mais em nada e seu país é comandado por quem?

          • Rafael

            CERTAMENTE nao é pela esquerda

          • fbl

            Socialismo Fabiano não te diz nada não ne. Social democracia também não existe no Brasil. Ta serto.

          • Rafael

            Sei bem o que sao esses termos,mas não condizem com a realidade nacional.

          • fbl

            Aproveita que esta comentando no Mídia Sem Máscara e dê uma lida nos livros do Olavo de Carvalho, leia o livro de Alexandre Costa – Introdução à Nova Ordem Mundial por exemplo e veja se a esquerda está morta por causa de suas derrotas (não faltam zumbis para acreditarem que não foram derrotas) e nem apita mais nada no mundo e no Brasil. E aí irá refrescar seu conceitos. Inclusive fique sabendo que acabaram de divulgar uma pós-graduação em esquerdismo (!!!) com aulas até de Dilma, Boulos e Jean Willys. por mais bizarro que isso possa parecer. Vc acha que essas pessoas não se dizem de esquerda e nem comunistas? Talvez seus livros do MEC tenham lhe ensinado muito pouco de correto sobre esses assuntos que anda argumentando nos comentários dos outros.

          • Rafael

            Olavo tem meu respeito em vários pontos, mas as teses dele sobre a esquerda estão mais para teoria da conspiração, e qual o problema de se estudar essa corrente politica?

          • fbl

            Se com tudo que ocorre a sua volta vc mantem esse pensamento, se vc ja acha que leu e estudou o suficiente pra definir que esquerda e comunismo por exemplo nao existem mais e que essas coisas sao teorias da conspiração, talvez seja melhor nem ler mais um site como esse aqui e continuar dentro do mundo e da história que te contaram como sendo a real.

          • Rafael

            Não disse que não existem, mas que sua influência na politica nacional, economia é mínima, e está longe de ter esse poder todo.

          • fbl

            Acho que visitar mais o midia sem mascara vai te fazer bem.

          • Thiago

            Você parece aquele típico crente que advoga “nunca houve um verdadeiro governo de esquerda”, “deturparam marx” e outras balelas.

          • gustavo druziki

            Essa foi a melhor, esquerda derrotada ? quem te contou isso, seu professor de história ? kkkkkkk

      • Eduardo Prestes

        A China é a segunda maior potência do planeta e é um regime comunista totalitário, com sistema político de partido único. Cuba e Coréia do Norte seguem dominadas por ditaduras marxistas. E a Venezuela é um exemplo vivo dos riscos que os partidos de esquerda representam para a liberdade e a democracia.

  • Iason Souto

    Certo Nivaldo! Mas não podemos esquecer dos socialistas fabianos do PSDB. Esses sim podem continuar a maldita marcha revolucionária do foro de SP. Ademais, o PT aparelhou as instituições do estado brasileiro de tal forma, que há elementos que insubordinados fazem o terror, na economia, educação… Não poderemos baixar a guarda. Nunca!

    • Rafael

      Teoria da conspiração. Refresque os pensamentos.

      • gustavo druziki

        Teoria da conspiração para quem não lê e não leu tudo o que o mídia sem máscara publicou nos últimos 10 anos e viu acontecer cada letra diante dos olhos. Leia mais, e reforme seus pensamentos.

        • Rafael

          FAcompanho o site desde o surgimento e fpi justamente o choque vom a realidade que me fez perceber o muoto de delírio que existe nos artigos

  • Thiago

    Jair Bolsonaro é uma opção bem viável.

    • Rafael

      Um quadrúpede, incapaz de articular ideias, como é a opção mais imbecil, não duvido que o brasileiro a faça, mas será uma vergonha internacional por esse analfabeto funcional no executivo.

      • Thiago

        Claro, e você é o cientista político do século. Ponha-se no seu lugar, criança.

      • Rafael

        RQuem me dera.

        • leandro conche

          O Lula era formado em que? Esquerdista de merda!!

          • Rafael

            Não dá nem para comparar um politico do porte do Lula com um anão parlamentar como o Bolsonaro.

          • Eduardo

            Acredito que dizer que não é político do porte do Lula é um grande elogio.

  • Alemoon

    Também penso assim Nivaldo. A minha satisfação de ver o Lula condenado é que ele enganou muita gente com o seu discurso loroteiro a favor da ética e da moral. Sabemos que o País está longe disso, não temos políticos milagrosos. O Brasil sem o Lula é como um copro doente que contém a infecção, apesar da doença ainda instalada.
    Veremos pelo lado positivo, uma coisa de cada vez.

  • nando_bv

    Tomara que sim.

  • Robson La Luna Di Cola

    Mundo Real: somem as intenções de voto nos candidatos de esquerda nas últimas pesquisas eleitorais, e vão encontrar 52%. Somei Lula (PT), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Luciana Genro (PSOL). Bolsonaro, que está crescendo, deve estar roubando votos do PSDB, PMDB, e DEM. Na situação atual, provavelmente teremos um próximo presidente de esquerda. O Temer ajudou muito, com as asneiras que vem fazendo.

    • Newton (ArkAngel)

      Claro que os partidos de esquerda predominaram nas pesquisas, pois não há nenhum partido de direita no Brasil.

      • Robson La Luna Di Cola

        A maioria dos eleitores, gente com pouca instrução, não faz escolhas baseadas em análises ideológicas dos candidatos – esquerda x direta. Para eles, existem dois tipos de políticos: os que defendem ‘uz riquinhu”, e os que defendem “uz póbri necessitadu!”. É por isso que a grande maioria dos chamados analistas políticas quase sempre erram suas previsões eleitorais. Precisam parar de ler “O Capital”, e “A Riqueza das Nações”, e darem uma volta no quarteirão. Vão aprender muito mais.

        • Rafael

          Precisam ler mais ” O Capital” e todas as obras de Marx e Smith também.

          • Robson La Luna Di Cola

            Vão ler estes dois autores, e vão chegar à conclusão que nenhum deles, na verdade, conhecia o MUNDO REAL. Nenhum deles conseguiu retratar a imprevisibilidade do comportamento humano, a complexidade de seus valores e sentimentos. Mas para os teóricos, somos como máquinas pré-programadas, que agem de forma estruturada, previsível.

  • Mikael Negreiros

    Amém!

  • A esquerda é uma vergonha, suas lideranças não duram um único lustro sem serem ao final execradas por todos tendo que comprar consciências para manterem-se no poder ou tendo que impor uma tirania a fim de perpetuarem-se.

    • Rafael

      Só a esquerda?

      • Thiago

        Majoritariamente. O ponto é que o discurso esquerdista é o mais hipócrita de todos.

  • Robson La Luna Di Cola

    Se quiserem entender aquilo que acontece no Brasil e em todos os países do mundo, bastam três conhecimentos básicos: 1) Informação Bíblica: este é o Mundo da Queda. 2) Ditado popular: ” A política atrai os piores.” . 3) Ditado popular: ” Atrás de toda grande fortuna, existe um grande crime.”. É por isso que no topo da pirâmide da estrutura social de todos os países do mundo, encontramos tantos escândalos. Fora aquilo que acontece, e jamais saberemos…

  • Thiago

    BOLSONARO 2018
    O
    L
    S
    O
    N
    A
    R
    O

    2
    0
    1
    8

  • Rafael

    Que renovação nada, serão os mesmos caciques, no máximo seus filhos e netos, quem pensa que com a condenação e posterior prisão de Lula alguma coisa vai mudar está muito enganado, será um Brasil pior, certamente, após essa guerra aberta contra os trabalhadores e o retrocesso em curso no país, o qual a seneneça do Moro é parte.

  • Daniel Robert

    Pior é o cabra que vem aqui fingindo ter cultura e tudo o que faz é ficar negando a realidade, dizendo que tudo é teoria da conspiração

  • Morais

    JAIR BOLSONARO NOS ESQUERDOPATAS.