1. Cultura
  2. Destaques
  3. Indicados pelo Editor

Notas: burgueses, Ayn Rand, idiotas e ufólogos

20 de junho de 2017 - 18:50:17

Mergulhada em abstratices, Ayn Rand fez do egoísmo a regra máxima da ética, deixando evidente sua cegueira para aspectos óbvios da condição humana.

 
A sociedade sem classes não é uma utopia marxista mas ela é a própria sociedade burguesa.

É certo que o burguês, naqueles momentos em que está sentado à latrina, sonha em ser o rei do mundo, mas tão logo enfrenta a realidadel é acometido por um temor insuperável: o risco de destoar da manada. Não só ele tem horror de pensar que pode ser considerado “estranho”, “invulgar”, “diferente”, como ele não consegue conceber que alguém possa ter uma postura diferente da sua. Na verdade, ele tem horror absoluto à diferença.

Assim, o burguês passa ao lado do pobre e miserável e realmente não consegue enxergá-lo. Ele também não consegue enxergar que pode haver alguém como o monge, que abraça a castidade. Também não consegue imaginar o indivíduo que arrisca tudo na esperança improvável de ficar rica. Muito menos consegue imaginar que alguém busque o conhecimento ainda que há conta de ser ostracizado.

O burguês também odeia o marxista pela sua audácia, mas ainda tem maior fascínio por ele. Ele sente-se dependente do marxista, que promete criar a igualdade e, desta forma, trará a paz eterna. Não é coincidência que o movimento comunista sempre foi financiado por burgueses.

*

Ayn Rand deve ser das pessoas mais alienadas que já alguma vez existiu, além de ser uma das que mais causa repulsa ver, dada a sua “feiura psicótica”. Neste vídeo, ela tenta fazer uma analogia entre o amor romântico e o mundo dos negócios. Isto é muito mais alienado do que qualquer ideologia de género.

 

*

A identificação do idiota como aquele que “está cheio de ideias” é bastante elucidadora. Por exemplo, o sujeito entra no teu perfil numa rede social e começa a escrever como se estivesse na sua “casa” e para os seus amigos. Se lhe pedimos para ele se retirar, o idiota imediatamente vai sacar da sua aljava alguma ideia brilhante. Vai perguntar se o espaço é apenas para quem concorda contigo e se não queremos aprender nada de novo e assim por diante. Ou seja, o sujeito tem mentalidade de ladrão de galinhas mas acha que nos pode ensinar “modéstia epistemológica” ou o que é “o verdadeiro sentido da tolerância”. Por isso, faço o apelo: idiotas do mundo, uni-vos e talvez consigam se destruir uns aos outros.

*

Há mais de 30 anos que ouço dizer que “os ricos estão cada vez mais ricos e os pobres estão cada vez mais pobres”. Em relação ao ricos compreendo, mas não vejo como é possível os pobres estarem sempre mais pobres. Há 30 anos, dizia-se que estes pobres estavam no limiar da sobrevivência, então, se foram sempre décadas a piorar, onde se encontram os pobres de hoje? A verdade é esta: Alguns ricos estão mais ricos, os pobres continuam pobres como eram e a classe média está reduzida à servidão por um enorme volume de impostos.

*

Coisas como a “ufologia” são produtos directos da ciência moderna. O sujeito que acredita em ovnis não é tolo mas é alguém que acredita piamente no poder da ciência.

Se fossem sinceros, os paladinos da ciência não teriam apresentado esta como a forma mais perfeita de conhecimento, que tudo abrange e tudo saberá mas teriam dito algo do género: “Temos aqui uma coisa nova, com a qual não conhecemos quase nada mas que nos permite descrever inúmeros fenómenos. Daqui podemos construir inúmeros produtos, curar doenças e assim por diante”. Isto não diminuiria nada a ciência moderna, apenas chamaria a atenção para não exagerar as suas pretensões em termos de conhecimento.

Mas o ufólogo acredita que a ciência tudo sabe, e quando ele descobre algo “inexplicado”, ele não vê nisso uma limitação própria da ciência mas um “caso”, uma “conspiração”, algo assim. Um qualquer imagem desfocada que aparece no espaço e os cientistas dizem que “não é nada” ou que “não temos explicação”, para o ufólogo quer dizer que “eles estão a esconder alguma coisa”, porque a ciência sabe tudo.

Desta forma, à medida que a ciência “avança” e despreza enormes faixas da realidade, vão aparecer sempre pessoas mais ansiosas e atentas que vão ver ali sempre uma “conspiração”, um “mistério desvendado apenas para alguns”.

 
https://www.facebook.com/mario.chainho

  • LucasC

    Muito interessantes os excertos.

    Só uma observação: não sei se o Sr. Chainho é português, mas estranhei bastante o uso de algumas palavras e a construção de algumas frases.

  • Miguel

    Não vou comentar a interpretação desse Mário Chainho sobre as idéias de Ayn Rand, mas me surpreendeu descobrir que o MSM as endosse.

  • Phillip Garrard

    Ayn Rand nao e a perfeicao na terra, mas com certeza muito melhor anos-luz que qualquier pensadora esquerdista em qualquier epoca.

  • Dommi Muiño

    Mas que texto de merda é esse afinal?
    Decepcionante ter lido isso aqui no MSM.

  • Ronaldo Brandão Silva

    Penso, e tenho TODO o direito de pensar, que essa pessoa que escreveu o texto acima também tem todo o direito de escrever porcaria. Só me infelicita ver um texto feito para um “brasil747” sair em destaque aqui no MSM. A esquerda chegou aqui.

  • Thiago

    É verdade, temos a nossa filósofa muito bonita de se olhar e ouvir:

    https://uploads.disquscdn.com/images/9ca2d30f34251423a26e8b5da72c3ece175dbc2c0984cc01c93f3bee1638579e.jpg

    https://uploads.disquscdn.com/images/0a9e467685244837d3d3f0283a8ecbcc6daef3c8d94c95e111a02e3609faeaeb.jpg

    Sobre a burguesia, diz o autor: “A sociedade sem classes não é uma utopia marxista mas ela é a própria sociedade burguesa”. Sério? Imaginei que o “burguês” é alinhado à visão capitalista e, portanto, tem como premissa que sim, haverá diferenças sociais eternamente, de acordo com o que cada um plantar (e portanto colher).
    Sinto uma alma de “guerreiro da justiça social” nesse tema (SJW, em inglês). Como se priorizar a própria sobrevivência/crescimento/prazer fosse por si só pecado inafiançável. Como se o coletivo fosse mais importante que o individual.
    “Não é coincidência que o movimento comunista sempre foi financiado por burgueses”: alto lá. Foram elitistas preguiçosos que o financiaram; pesquise por “METACAPITALISTAS” e tomará ciência.

    Sobre Ayn Rand, diz o colunista: “Ayn Rand deve ser das pessoas mais alienadas que já alguma vez existiu, além de ser uma das que mais causa repulsa ver, dada a sua “feiura psicótica”. Mmm, quantas pedras na mão… Por que começa já tão emotivo? Cadê a racionalidade?
    Não vi nada demais no vídeo. Não sou um profundo conhecedor de Ayn Rand, porém sei o suficiente para notar que, no mundo atual, evidentemente ela seria uma figura “politicamente incorreta”, o que [dado o cenário de inversão de valores] já a daria algum crédito. Livre-iniciativa, capitalismo, individualismo. Temas interessantes, válidos. Para quê uma crítica tão infundada e ferina?

    Sobre idiotas em redes sociais, despensa comentários, texto inócuo. Não quer idiotas em sua timeline: não tenha uma. Realidade da internet.

    Sobre ricos e pobres, concordo parcialmente que a classe média está “achatada”; todavia, é inegável que os pobres de hoje tem muito melhores condições do que os de outrora: saneamento básico, energia elétrica, entretenimento, salário mínimo, alfabetização. Sim, sei que isto tudo é pouco, porém décadas (ou séculos) atrás nem isso tinham. Basta observar a evolução da expectativa de vida mundial ao longo dos últimos 100 ou 200 anos e comprovar.

    Acredito que o comentário menos insensato foi o da Ufologia x Ciência. Realmente, a ciência é supervalorizada hoje como nova religião de inclinação ateísta, inspiração hedonista e fundamento niilista.

    Resumo: caríssimo Mário, creio que estás no blogue errado.

    E Mídia Sem Máscara: tornará-se agora o blogue um porta voz de todas ideologias, 360º?

    • Adriano Araujo

      hahahahahaha morri… pior que meu professor de filosofia da facul, usa essa senhora como referência bibliográfica das suas aulas

    • Danilo Dalla Vecchia

      Professor Olavo até falou que ela era bonitinha quando jovem . Pode ser que a bitolação de seu discurso mentiroso esquerdo-comunista , tenha-lhe roubado rapidamente o resto de sua beleza juvenil .

    • Lucas Avelino

      Acredito que a palavra “despensa” foi usada provocadamente de modo errado. Excelente comentário.

    • Márcio Luís Chila Freyesleben

      É o Chico Xavier?

  • Leonardo Dolabella

    Provavelmente quem escreveu essa porcaria seja fá do Karnal, Cortela, Marilena Chaui, Curte Mídia Ninja, Catraca Livre, Tico Santa Cruz, é vegano, acredita no aquecimento global, vai ne manifestação da CUT gritar fora Temer e esteve desfilando no dia do orgulho gay no último fds. Menti? O.o

  • Robson La Luna Di Cola

    Depois de assistir alguns vídeos do padre exorcista Duarte Lara, fiz uma consulta no Google e entrei em alguns sites satânicos. Sim, existem muitos! Um deles, exortando o individualismo, o egoismo, o consumismo, o hedonismo, citava como referência de pensadora a querida Ayn Rand. Não há dúvidas que nosso mundinho moderno libertário: livre-iniciativa, sexo, drogas e rock ‘n roll, já se dobrou aos apelos de Satanás…

  • Eder Giovani Savio

    Vi ovni, meu pai viu, minha mulher viu, meu sogro viu, meu cunhado viu. Estudei com piloto da FAB que perseguiu ovni. Não tenho interesse nenhum nessa naba, apenas vi e tô cagando e andando. O que quero comentar é o seguinte: o pior tanso pensa que sabe alguma coisa e não sabe nada. Eu, pelo menos, sei que não sei.

    • Robson La Luna Di Cola

      O primeiro avião de espionagem, em formato de arco, foi desenvolvido pela Alemanha nazista para fugir da detecção do radar, recém desenvolvido pelos ingleses. Hoje, existem vários modelos com esta característica estética, que muita gente acha que são discos voadores. O Stealth americano é um exemplo. São aviões de espionagem, só detectáveis por satélites!

      • Eder Giovani Savio

        Agradeço pelas suas informações, mas os objetos que eu vi não se enquadram com isso e com as características de deslocamento de massa conhecido e não só com tecnologia para tal. Apesar de não saber nada, estudei engenharia mecânica na UFSC (incompleto). Abraços.

        • Robson La Luna Di Cola

          Existem fenômenos de reflexão óptica atmosférica, que trazem imagens de outros lugares para regiões do céu. Existe também a queda de meteoros. E finalmente, o fenômeno natural do consumo da marijuana! (brincadeirinha).

          • Eder Giovani Savio

            Olhe amigo, se quiser podemos conversar em particular e lhe conto o que vi e o que outras pessoas viram. Suas hipóteses, infelizmente não são aplicáveis nem remotamente. Não esquente a cabeça com isso. Tenho percebido que muita coisa do que se divulga é invenção ou fantasia. Confesso que se outras pessoas me contassem, com certeza eu teria a mesma postura que você. Mas objetos com movimento inteligente e em desacordo com a física que conhecemos existem. Isso tem a mera simplicidade do fato para mim. Não exijo e nem espero que o recepcione da mesma forma, pois eu não o faria. Não me pergunte o que são. Se são de outro planeta, do futuro, do passado ou de alguma tecnologia secreta. Acho a primeira hipótese menos inverossímil. Nem tudo tem explicação concernente com o nosso nível de conhecimento. Talvez o método socrático continue sendo o mais viável.

          • Robson La Luna Di Cola

            Existem tantas evidência de OVNI’s e de ET’s! Só faltam os ET’s… Onde estão?

  • Danilo Dalla Vecchia

    Ayn Rant parece mais como uma ‘avó do feminazismo’ , quer transformar uma provável frustração amorosa pessoal em causa ideologia . Já tive frustrações amorosas desde moleque , mas nunca culpei o sexo oposto por isso .

  • Charles Reis

    Li o principal livro de Ayn Rand “A Revolta de Atlas” e consigo reconhecer algumas falhas mas anos -luz distante deste texto detrator.
    Não tem mais ninguém revisando os textos que irão colocar no MSM??
    Chuta esse cara daí.