1. Brasil
  2. Direito
  3. Educação
  4. Indicados pelo Editor
  5. Notícias Faltantes

Educação domiciliar: perguntas e respostas sobre a atual situação jurídica

14 de julho de 2017 - 14:42:35

1 – A educação domiciliar é ilegal no Brasil?
Não. A educação domiciliar, como substituto da educação escolar, não é proibida expressamente por nenhuma norma jurídica no Brasil, seja constitucional, legal ou regulamentar. Apesar de não ser mencionada em nenhuma norma, o direito à educação domiciliar é decorrência direta da soberania educacional da família.

2 – A quem compete prover a educação? O Estado ou a família?
O art. 205 da Constituição Federal (CF) diz que a educação é direito de todos e dever do Estado e da família. Portanto, é dever de ambos. No seu exercício, a direção cabe à família, que deve receber assistência do Estado quando não puder ou não pude provê-la integralmente em casa.

3 – Quem tem a primazia na educação dos filhos menores, a família ou o Estado?
Os pais têm não apenas o dever de educar, mas também de dirigir a educação dos filhos e, para isso, podem optar em matricular os filhos em uma escola ou ensiná-los em casa. Em decorrência, os pais têm primazia na educação dos filhos menores, com prioridade de escolha do gênero de instrução que será ministrada a seus filhos.

4 – O que é abandono intelectual?
De acordo com o Código Penal (art. 246), abandono intelectual é “deixar, sem justa causa, de prover à instrução primária de filho em idade escolar.” Perceba-se que não há, aqui, nenhuma obrigação de manter o filho em uma instituição escolar, mas apenas de “prover à instrução primária”, ou seja, de educá-lo, em casa ou na escola durante a “idade escolar”, ou seja, no período determinado pela Constituição de educação básica compulsória, dos 4 aos 17 anos.

5 – Por que sou obrigado a matricular meu filho em uma escola, mesmo não havendo abandono intelectual?
Você não está obrigado a matricular seu filho na escola se desejar educá-lo em casa. Para entender porque essa obrigação foi prevista e hoje está ultrapassada, é preciso entender o contexto histórico. Essa obrigação foi estabelecida pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) em uma época em que a educação domiciliar era completamente desconhecida pelos parlamentares. Logicamente, não se poderia proibir algo que se desconhecia a existência. À época, se acreditava que a escola era a única opção para se evitar o abandono intelectual.

6Além da LDB, o ECA também me obriga a matricular meus filhos numa escola. Como me posiciono em relação a isso?
O ECA e a LDB devem ser interpretados restritivamente, ou seja, somente estão obrigados a matricular os filhos na escola os pais que não quiserem ou não puderem prover adequadamente a educação domiciliar.

7 – O que fazer em caso de denúncia?
Não se presume que as crianças estejam aprendendo pelo simples fato de estarem em casa. É preciso comprovar esse aprendizado. Portanto, os pais devem documentar tudo o que estão fazendo com os filhos: exercícios, testes, trabalhos de todo tipo, pesquisas, avaliações, ingressos de visitas a museus, teatros, exposições, etc. São papéis importantes, que devem ser mostrados à autoridade competente, quando solicitados, pois provam que a criança está efetivamente estudando e aprendendo.

8 – E se a denúncia se transformar num processo?
Caso o processo venha efetivamente a ocorrer, os pais precisam de três atitudes básicas: a primeira é provar o efetivo aprendizado, mostrando todos os arquivos e, se for o caso, submetendo os filhos a uma avaliação compatível com sua idade. A segunda é o esclarecimento jurídico a respeito da educação domiciliar, uma vez que o tema é quase totalmente desconhecido no Brasil. Esse esclarecimento pode ser feito mediante a apresentação do parecer referido e/ou com a contratação de um advogado. Por último, é essencial noticiar ao juiz a respeito da suspensão de todos os processos determinada pelo STF em novembro do ano passado (se todos os processos devem ser suspensos, não faz sentido nenhum iniciar um novo processo para suspendê-lo logo em seguida).

9 – Como está a situação jurídica da Educação Domiciliar hoje?
Atualmente, está em curso no STF o Recurso Extraordinário n° 888.815 em que se discute a constitucionalidade da educação domiciliar. O processo foi admitido a julgamento (somente se admitem os processos considerados relevantes constitucionalmente), a Associação Nacional de Educação Domiciliar (Aned) requereu o ingresso no processo como amicus curiae (especialista que vai informar o tribunal a respeito do assunto) e apresentou suas razões a favor da constitucionalidade da educação domiciliar, todos os processos contra as famílias foram sobrestados (suspensos) até a decisão final do STF, que ainda recebeu um parecer da Homeschool Legal Defense Association (associação norte-americana de defesa da educação domiciliar), demonstrando a compatibilidade desta com os tratados internacionais de direitos humanos. Ainda não foi marcado o julgamento do caso no STF: até lá, como visto, nenhuma família pode ser processada.

10 – Como devo proceder quando for tirar meu filho da escola?
Se você decidiu retirar seus filhos da escola, deverá comunicar normalmente a sua decisão na secretaria da instituição onde eles estudam, declarando a sua transferência para o regime de educação domiciliar, mas sabendo que isso não impede uma denúncia ao Conselho Tutelar por parte da direção ou de algum professor. Você poderá, se quiser, solicitar o histórico escolar do seu filho e a instituição está obrigada a entregar-lhe.


Alexandre Magno Fernandes Moreira
, mestre em Direito pela Vanderbilt University, é diretor jurídico da Associação Nacional de Ensino Domiciliar (Aned) e autor dos livros: “Direito administrativo essencial” e “Direito penal contemporâneo”.

 

 

  • Gustavo Henrique Araujo

    Se eu tiro meus filhos da escola e depois, por algum motivo, quero matriculá-los novamente, como funciona?

    • Zuleima Gomide Torres

      Eles fazem uma prova pra verificar a série que deverão ser encaminhados.

  • Olivio Girelli

    Vocês são uns canalhas. Da pior raça. Csnalhas.

    • Eduardo

      KKKKKK como é engraçado esses esquerdalhas psicopatas, não tem argumentação aí começam a vociferar desesperadamente só pra dizer que sabem das coisas.

      • Olivio Girelli

        Desculpe se vociferei. Acho que é falta de educação.

      • Olivio Girelli

        Kkk…os Esquerdas diriam: esses Direitopatas assassinos de crianças e pedofilos são um perigo para a humanidade!
        Kkkkkk
        Como o cidadão doutrinado se parece com o outro lado né?
        Kkkkk

      • Olivio Girelli

        Eduardo, você é Diireitopata, Psicopata ou só uma Pata?

    • Gustavo Costa de Oliveira

      o Olivio acha que há um plano pra emburrecer e dominar as crianças..

      (aquela musiquinha de suspense ufológico…)

      • Olivio Girelli

        Rs… quem acredita em Astrólogo não sou eu..rs…mas tudo bem.

        • Thiago

          Você deve curtir as obras de Cortella e Karnal, e ter um quadro da Frida.

          • Olivio Girelli

            Se eu tivesse um quadro da Frida Kallo eu estava rico seu bobão. Rico!!!!! Kkkk

      • Olivio Girelli

        Quem acredita mesmo em conspirações Gustavo? Será eu?

      • Raimundo Lulo

        sim, você acredita

    • Thiago

      Essa frase é do Bolsonaro (sobre doutrinadores de crianças). Aliás, você votará no #Bolsonaro2018, Olivio?

      • Olivio Girelli

        Bolsonádegas? kkkkkk….tomara que ele vença mesmo, assim a boçalidade toma conta de vez.
        Espero que ele ponha Malafaia, Edir Macedo, Valdomiro Santiago e a Judeuzada toda pra trabalhar com ele…vai ser um barato ver vocês penando na mão dele…kkkkkk

      • Olivio Girelli

        Vamos eleger Bolsonádegas Thiago Acéfalo? Tamo junto.

  • Olivio Girelli

    Incentivando retirar crianças da escola. Isso é coisa de bandido mafioso. Canalhas.

    • Felipe Flores

      Você fala como se as crianças aprendessem muito na escola hoje em dia.
      Num curso técnico do IFSC, tive que fazer 3 meses de matemática básica pq estava na grade curricular do curso. Você acha que num país que a educação nas escolas públicas fosse boa isso seria necessário?

      • Olivio Girelli

        Deixa de ser idiota. Para de acreditar nesse palhaço chamado Olavo. Tirar criança da escola é plano de bandido safado. Esse Olavo quer que você e os seus se fodam.

        • Felipe Flores

          hhuhuuhu magoei a boneca. Eu discordo de você então eu já sou do time do Olavo hahhahahahahahahahahahahahahha Deixa que eu decido o que é melhor pros meus.
          No Rio de Janeiro as crianças vão pra porra de escola e ainda assim entram pro crime. Qual sua opinião sobre os cursos EAD? Faculdade a distância, cursos de MBA não presenciais?

          • Olivio Girelli

            Você tem todo o direito de educar seus filhos em casa. Te dou todo o apoio. Faça isso cidadão.
            Sou contra a demagogia. Nos EUA menino vai pra escola e também uma parte entra pro crime, na França, Japão, Rússia, Coréias e o escambau.
            Mas todos os países sabem que o sistema escolar é essencial.
            Você, assim como eu, temos o direito e o dever de dar educação para os filhos. Se você consegue fazer isso brm em casa, parabéns.
            A maioria, posso dizer 99% das pessoas, não seriam capazes e nem teriam tempo hábil para tal. Geralmente pai e mãe trabalham o dia todo.
            Demonizar o sistema educacional é coisa de “canalha”, o que é bem típico no Olavo. Aliás um camarada que se amarra em viver nos EUA, um lugar que se destaca tanto pela formação educacional de seus cidadãos.
            Eduque seu filho em casa, mas não seja enganado por um camarada inescrupuloso e mentiroso contumaz.

          • Felipe Flores

            Chora mais, eu disse em meu comentário que crianças cariocas vão pra escola e isso não impede criminosos de capta-las para o mundo do crime. Ou seja, não tem relação estudar na escola e não entrar pro mundo do crime.
            Você só tem um preconceito sobre o assunto. Crianças e adultos podem aprender em qualquer lugar. Você pressupõe que por uma criança estudar em casa sejam os pais dela quem ministrem as aulas. Os professores da rede pública reclamam tanto dos baixos salários, condições de trabalho, violência nas escolas, que isso pode ser a solução pra eles (trabalhar como professores particulares na casa dos seus alunos).

          • Eduardo

            Felipe, é difícil raciocinar com esquerdalhas mesmo pois geralmente eles tem o cérebro blindado pelo marxismo e paulo freire, onde nada de lógico lhes entra na cachola, e outra, isso não passa de puro desespero, vai que a moda pega aí o meio de emburrecer as massas começa a entrar em colapso com mais e mais famílias educando seus filhos em casa tirando-os das suas garras.

          • Felipe Flores

            Eu penso que a proposta é boa. Muitas crianças carentes não tem acesso a educação em escolas públicas. Essa medida permitira que famílias com maior poder aquisitivo provessem a educação de seus filhos em casa e isso iria ofertar novas vagas para essas crianças sem oportunidade. É claro que pessoas carentes não vão tirar seus filhos das escolas públicas pois por definição elas mesmas não tem estrutura para ofertar educação de qualidade em casa. Em cidades pequenas pessoas abastardas matriculam seus filhos em escolas públicas por não haver oferta de escolas particulares na região este é outro ponto.
            Outro ponto que eu acho importante é que em cidades pequenas grupos de pais poderiam se organizar contratar professores, e/ou voluntários para ensinar seus filhos não cada um em sua casa mas sim em uma única casa num tipo de modelo de escola informal onde várias crianças estudariam juntas ensinadas por professores particulares contratadas pelos pais num tipo de vaquinha. Acredito que esse é o melhor modelo para cidades onde não tem oferta escolas públicas, principalmente cidades do interior. Claro que uma pessoa sozinha não poderia contratar vários professores para ensinar todas as disciplinas, mas uma organização de pais sim.

          • Olivio Girelli

            Dai você já está propondo a criação de pequenas escolas particulares e comunitárias…. idéia Comunista? Esquerdopata?

          • Felipe Flores

            Vc prefere que uma criança fique sem estudar à suportar a ideia de ela ter outras opções que não a escola convencional.
            Me explique como um morador de rua passa em primeiro lugar num concurso público sem ir para escola? Você tá muito apegado ao modelo de educação do século passado, onde as crianças tinham que ir pra escola e ser público cativo de professores que nem sempre estão lá pra fazer outra coisa que não despejar doutrinação ideológica.

          • Olivio Girelli

            É uma questão de lógica e números meu caro. Quase 100% dos concursados frequentaram boas escolas, cursos preparatorios e estudaram com afinco em casa.
            Tomar como exemplo de sucesso as excessões não entra na cabeça do administrador eficiente.
            É super louvável quando alguém sem condições financeiras ou apoio de uma instituição de ensino consegue superar um concurso por iniciativa própria.
            Mas infelizmente a Matemática e a Estatística são apartidárias, elas refletem a realidade nua e crua.

          • Thiago

            Lamento informar que o “”administrador eficiente”” está enganado: se você levar em conta os números RELATIVOS (percentual de bem sucedidos com homeschooling x percentual de bem sucedidos na educação tradicional), você verá taxas opostas ao seu argumento (muitos homeschoolers brasileiros estão indo estudar no MIT ou Harvard por exemplo). Veja, estou falando em termos PERCENTUAIS (o mesmo se aplica a concursados e cia, embora particularmente eu ache mais bem sucedido quem vira empreendedor — como Olavo — do que quem opta por mamar e agigantar as tetas do estado).

          • Thiago

            (((excessões)))

          • Olivio Girelli

            Palhaço. Vá corrigir seu Astrólogo Pedófilo.

          • Olivio Girelli

            O modelo de educação do século 17 deve ser o modelo certo então Felipe. Imagine no Oeste americano, ou nas matas Brasileiras, desertos Australianos…. a educação naquela época, quando existia, devia ser a caseira. Exceto quando os pais não sabiam ler ou escrever.
            Enfim, retire seus filhos da escola, te apoio. Os meus irão continuar nelas.
            Um filho faz Medicina, outro Psicologia. Como eu nem a mãe sabemos do assunto e custaria uma fortuna contratar professores nessa área ou montar um hospital particular (será que alguém faz isso?) nos vamos continuar agindo como “Comunistas Vermelhos Esquerdopatas Debilóides” e deixar eles nas respectivas escolas.
            Mas eu não aconselho você fazer isso amigo. Ensine em casa,

          • Thiago

            Você afirma que não há áreas do conhecimento que independem de laboratórios (caso da medicina e engenharias) para formar profissionais completos (como vertentes da tecnologia, administração e até direito)? Conte-me mais sobre como o sistema EAD está falindo (pergunte ao grupo KROTON)…

          • Thiago

            Não senhor, pois não tem intervenção do ESTADO. Liberdade civil ao seu melhor tempero. Aliás, me parece que você é um defensor do agigantamento do estado, confere?

          • Olivio Girelli

            Pois é…. retirar as crianças das escolas nos EUA, em ISRAEL, CORÊIA DO SUL….
            Passa sua teoria pra eles amigo. Quem sabe deixam de ser “doutrinadas”.
            Passa pra eles…você será bem recebido.

          • Thiago

            O senhor afirma que não há homeschooling nos EUA, que não há homeschooling na coréia do sul, que não há homeschooling em israel? Alguém está precisando se informar aqui (só não vale por “livros” do “””MEC”””).

          • Olivio Girelli

            Ai ai…já vi coisas piores.

          • Olivio Girelli

            Seu lixo sem noção. Esquerda é o negão que te come todo dia, pois você deve ser bem ativo!

          • Eduardo

            blá blá e bláá… Tudo que esses esquerdalhas sabem fazer é vociferar hostilidades e xingamentos baixos….

          • Olivio Girelli

            Rapaz…existem milhões de estudantes. Não seja ingênuo.

          • Olivio Girelli

            Crianças Americanas também vão à escola. Suecas. Russas. Francesas. Israelenses.
            E ai???? São doutrinadas pro crime?

          • Olivio Girelli

            Todos os Cariocas são criminosos? É isso?

    • Raimundo Lulo

      interproteção mafiosa é o que vcs professores fazem uns com os outros…

      mafiosos que querem continuar vampirizando a inteligencia das crianças, desumanos, canalhas, que só veem o ser humano como óleo de máquina

      vermes!

      • Olivio Girelli

        como seu astrólogo?

    • Thiago

      Cara, aparentemente você conseguiu interpretar o artigo muito bem, portanto só pode ter mau caráter ao advocar contra liberdades individuais essenciais. Gente assim não é burra, é má mesmo.

      • Olivio Girelli

        Má…pois é…devo ser mau mesmo. Espero que sua idéia prospere, de coração. Quanto menos concorrência melhor. O mundo não está fácil, a grana curta, tempo escasso. É melhor que a concorrência se lasque mesmo.
        Cada um faça do seu jeito, de acordo com sua doutrina e credo.
        Meu trabalho é técnico demais para eu abrir mão de ensino especializado. Mas quanto menos gente se preparar será melhor para mim.
        Desejo sucesso à vocês e aos seus filhos. Que vençam na vida.
        Eu já tracei meu caminho.
        Um dia ensino à quem desejar aprender sobre. É claro que cobrando um preço justo.
        Abraço e sucesso à todos.
        Lembrem se: os Chineses estão chegando com força total. Somados aos Indianos já são quase meio mundo.
        Essa gente não perde tempo com mimimi ideológico. Vão lá aprendem e fazem igual ou melhor. Tá foda viu.
        Força na peruca galera!

      • Olivio Girelli

        Para você eu sou mau mesmo Thiaguinho Protozoa.

  • Olivio Girelli

    Olavo de Carvalho, você é a pior coisa que já vi na vida.

    • Thiago

      Olivio, até seu nome é uma cópia barata do Olavo.

      • Olivio Girelli

        Bobão, meu nome é em homenagem à um padre. Padre Olívio. Um homem considerado santo por alguns. Ah, tenho Carvalho no meu nome também.
        Quanto à Scherazad eu não tenho opinião alguma.
        Já em relação ao seu astrólogo Olavo minhas opiniões são as piores possíveis.
        Mas quero ardentemente que você continue venerando o mesmo.

    • Thiago

      Seu sobrenome é parecido com o do senhor Paulo Girardelli, aquele que advocou no twitter que a Rachel Sherazade fosse estuprada. Suas posições políticas se assemelham, todavia.

  • Marcos Lorite Lopes

    Excelente matéria, a educação familiar é um direito à vida, seus filhos devem ser educados e ensinados primeiramente pelos seus pais, não há dúvida. No que tange a educação pública, seja em São Paulo, ou em outro estado, está falida, se fosse uma empresa fechava as portas no dia seguinte, em que país um aluno que não sabe ler escrever ou não tenha competências necessárias em série e curso passar de ano, somente um governo canalha é responsável pelo sistema. Não vejo outra alternativa, tudo começa em casa, e assim deve ser, a escola pública perdeu sua função. Fechem todas elas, e recomesse, mas, sem o maldito governo. Saber aplicar leis de impostos sabem, carregar o governo nas costas e não dar o mínimo de educação, seja social-democrata ou petista, ambos são nojentos e asquerosos para a educação.

  • Até hoje não consegui entender muito bem como funcionaria educar seus filhos em casa.

    Como por exemplo um casal de semi-analfabetos ou que precisam trabalhar irá educar seus filhos em casa?

    Se alguém puder explicar ou indicar algum link que explique isso melhor eu agradeço pois no meu ver isso só funcionaria para famílias em que pelo menos um dos país é professor, já foi professor ou que seja pelo menos muito bem entendido em todas as disciplinas coisa que não é muito simples.

    • Eduardo

      Pelo visto você não entendeu o objetivo da matéria, praticamente todos os professores que tive no primário, com algumas exceções eram indoutos e de formação precária e nem por isso não conseguiram me passar algum tipo de instrução. Só de ensinar a criança a ler em si já é educação e para sua informação, conheço pais de formação básica que conseguiram alfabetizar seus filhos em casa antes deles irem para a escola. Isso é bastante relativo, só não é discutido, pois se houvesse ampla discussão e divulgação os pais buscariam meios de ensinarem seus filhos em casa tirando-os das escolas públicas que são de ampla maioria ocupadas de doutrinadores ideológicos e nefastos. Pela a lógica natural os pais é que tem o dever de ensinarem os seus filhos e não o estado.

      • Concordo plenamente com você quando diz que as escolas estão repletas de doutrinadores ideológicos. Mas continuo achando que não é simples assim como dizem por ai que basta tirar seus filhos da escola e ensiná-los em casa e pronto.

        Primeiro que nem todo mundo tem saco pra isso, segundo que nem todo mundo tem dom pra isso e terceiro que nem todo mundo tem tempo e dinheiro pra isso.

        Mas respeito aqueles que por ventura consigam ensinar seus filhos em casa. Tem meus parabéns e acho que devem tirar mesmo das escolas caso consigam.

        Mas repito que pelo menos para mim isso está fora de cogitação. Quem sabe mais pra frente eu posso entender melhor como funciona e mudar de opinião a respeito.

        Por outro lado apoio totalmente o projeto escola sem partido.

        • Raimundo Lulo

          ninguém está obrigando os outros a tirar os filhos dos outros da escola, apenas os próprios…

          olha o que vc fala:

          “continuo achando que não é simples assim como dizem por ai que basta tirar seus filhos da escola”

          vc não tem nada a ver com isso, bicho.. vai cuidar da tua vida.. garanto que tens vários problemas por resolver

          • Não respondo a fakes sem foto. Sou adepto ao combate a trollagens na internet.

        • Thiago

          Colega, se apoias o ESP, quais são suas ressalvas a esse modelo? Mais uma vez: não se trata de massificar esse novo modelo (que uma vez massificado, perde seu propósito). Concordo plenamente contigo sobre nem todos terem saco para isso, ou grana, ou tempo, ou capacidade, mas seus comentários anteriores deram a entender que você se opõe ao modelo, o que não é verdade. Para todos, é obvio que não terá. Mas por que privar quem pode e quer e é capaz? Essa é a pergunta feita ao sr. Olivio (que eu duvido que responderá).

    • Eneas B. de Lima

      Olá, gostaria de de dar um exemplo pessoal, embora seja um homem inculto,minha filha aos 2 anos e seis meses de vida ao me ver ler constantemente disse: Papai me ensine a ler?
      Eu então comecei ensiná-la e aos 3 anos ela já lia manchetes de jornais com interpretação de texto e as operações básicas da matemática. Também lhe ensinei caligrafia,manuscrita comercial inglesa o que depois foi gravado e atestado por escolas infantis que eu levei para ter uma ideia do estagio em que ela se encontrava. E depois a mãe lhe ensinou a lingua inglesa. Hoje a criança com 12 anos tira nota 10 em 95% das vezes em que é testada, além de conversar com desenvoltura e liderar seus pares nas escolas por onde passa. Tudo isso com reconhecimento de professores e diretores. Espero ter contribuido.

      • Olivio Girelli

        Parabéns! Mas ela frequenta escola?

        • Eneas Lima

          Obrigado,sim,ela iniciou no primeiro ano da rede adventista ao fazer o teste o diretor disse que ela poderia iniciar na segunda série mas eu recusei pois queria que ela tivesse experiências com crianças da mesma idade pensando na saúde e educação emocional. A única dica que dou aos pais é que caso resolvam ensinar em casa ou contratar amigos ou profissionais para ensinar em casa por exemplo um professor de música, a criança deve ter momentos para brincar com outras crianças.
          Ela hoje está na rede pública. Eu sinceramente penso em ensinar em casa. Nas matérias que não domino vou contratar um professor e as que domino ou que posso aprender vou acompanhar.

          Ela aprendeu a ser disciplinada (Caligrafia ensina isso),embora na rede pública ela olha as matérias dadas nas melhores escolas e faz sua pesquisa. Abraço

          • Olivio Girelli

            Você há de convir que não é fácil suprir tudo em casa. Talvez você tenha tempo e alguma situação financeira para contratar profissionais. Mas vejo que não abriu mão do ensino regular. Escolheu uma escola que encaixe com seu perfil e seu credo.
            Seu exemplo é ótimo como ação pontual, pois alguns fatores econômicos e disponiblidade de tempo favorecem sua conduta.
            Como expandir isso para milhões de pessoas?

          • Thiago

            Sr Olivio, um projeto é feito por etapas. Como expandir um modelo para milhões de pessoas se quer-se proibi-lo para algumas milhares? Olhe a contradição/paradoxo. E outra: mesmo que o modelo funcione apenas para uma minoria, ora bolas, ele deve ser permitido então. E então, certamente, por MÉRITO, esse modelo irá sendo aperfeiçoado e com certeza barateado e adotado por mais e mais pessoas — é a lei do mercado.

          • Eneas Lima

            Olha realmente é algo bem pessoal,acho importante ter opções, por sermos seres únicos sempre que se tenta massificar algo caímos em alguns extremos. Quando minha filhinha nasceu eu mudei toda minha rotina para poder passar tempo de qualidade com ela. Trabalhando em casa,aprendendo a cozinhar para se ter uma ideia ela nunca me deu trabalho no mercado ou no shopping,aos 3 anos ela sabia diferenciar o produto da marca, então eu podia fazer produtos caseiros pois ela sabia que era o mesmo é ainda mais saúdavel. Reconheço que nem todos vão poder fazer isso mas os que puderem deveriam ser apoiados. Sr Olívio vejo que vc é muito capaz e lhe recomendo um filme muito interessante sobre o assunto.
            https://m.youtube.com/watch?v=_DjGLiwD81A.

            Algo deve ser feito pois será que os agentes do Estado terão a mesma ética que país concientes têm?

            Ao meu ver o Estado está “perdido” a qualidade do ensino é muito ruim, nossos filhos são bem cuidados mas mal educados (Içami Tiba). De uma coisa eu sei os filhos precisam de acompanhamento e exemplo em casa. Se eu mandar minha filha estudar mas não for exemplo dificilmente ela vai despertar e tomar prazer no conhecimento.

            Já vi e ouvi casos de crianças que estudavam em escolas onde a mensalidade era cerca de R$5.000,00 e não aprenderam.

            Na sala da minha filha havia crianças que não conseguiam acompanhar…

            É preciso checar alimentação,fatores psicológicos e relação com os pais e alunos.

            E só um pai e mãe amorosos (presentes) para identificar caso a caso.

            Espero que tenha sido claro.

          • Olivio Girelli

            Eu assisti esse filme, achei bacana. gosto desses temas. foi tratado com inteligência. Minhas filhas adoraram, mas se recusam à esse tipo de vida, Opinião delas, eu respeito,

      • Meus parabéns que conseguiu educar sua filha em casa. Mas como disse para outro colega aqui, nem todo mundo tem dom, dinheiro e nem mesmo saco para isso.

        Pelo menos para mim está fora de cogitação, mas apoio totalmente a idéia para aqueles que se consideram capazes de suprir sozinhos a educação de seus filhos.

        Apesar de admirar não acho isso algo possível para todos mas apenas para alguns.

        • Olivio Girelli

          Correto.

        • Thiago

          Esse é o ponto. Concordo com você. Como falei em outro comentário, a pauta aqui é a NÃO PROIBIÇÃO do modelo — visto que há muitos grupos de interesse que assim operam (ironicamente, os mesmos grupos pró-aborto, pró-troca de sexo e pró-drogas).

        • Henrique Santos

          Me parece que é muito mais fácil colocar os filhos numa escola cara do que educá-los em casa.

          Pense comigo, se você visse que seu filho na escola não está aprendendo, está mais irritado e cansado e, pior, virando um robozinho pronto para ser usado pela esquerda, você não consideraria a possibilidade de educá-lo em casa? Não faria os esforços necessários para isto?

          Abraços,

    • Gustavo Costa de Oliveira

      é bem simples saber muito bem todas as matérias, uns 50 livros por ano durante algumas décadas ensina

      • (risos)

        • Raimundo Lulo

          a média dos professores universitários é 1,7 livros por ano.. imagine os do ensino fundamental e médio

        • Raimundo Lulo

          nas faculdades de humanas de hoje se distribui mais autorização pra carimbar ideias do que o aparato pra quebrar a casca dessas ideias.. deve existir quem saiba do que está falando, mas eu nao conheci NENHUM

      • Raimundo Lulo

        com uma situação calamitosa dessas, querer reivindicar o monopólio da formação é muita ousadia

      • Thiago

        Como é mais fácil aprender inglês? Em uma turma com 40 pessoas, ou em uma com 3?
        Como é mais fácil aprender dança de salão? Em uma turma com 40 pessoas, ou em uma com 3?
        POR QUE O CONCEITO NÃO É ANÁLOGO NA FORMAÇÃO BÁSICA, SENHOR? Tens dissonância cognitiva?

    • Gustavo Costa de Oliveira

      ainda tem uns que contratam professor particular para algumas matérias

      • Aja dinheiro. Isso está fora de alcance de 90% da população brasileira.

        Se a maioria dos brasileiros não tem dinheiro sequer para sobreviver de maneira decente, imagine então contratar professor particular.

        • Olivio Girelli

          Novamente você está certo.

        • Raimundo Lulo

          1 – eles já pagam e pagam caro… a melhor escola pública do Brasil está em 4º lugar no geral e custa 2,5x mais

          2 – “a maioria dos brasileiros” não é problema meu, apenas minha família que é

        • Raimundo Lulo

          e que mágica é essa aonde o dinheiro só não falta se for mandado pra Brasília primeiro, mas se usado diretamente falta?

        • Raimundo Lulo

          li todos os teus comentários, acho que vc mistura suas paixões com suas observações.. seja agente político ou observador científico, as duas coisas não dá!

          • Desculpe mas eu não respondo a fakes sem foto. Não tenho saco pra trollagens.

        • Thiago

          Osvaldo, novamente: não se trata de TODOS adotarem esse modelo; trata-se de preservar a liberdade de escolha de quem (no momento) PODE adotar outro modelo. Não pode ser difícil de compreender que trata-se aqui de uma guerra por (mais uma das) liberdades individuais.

    • Gustavo Costa de Oliveira

      e além do mais, quase toda pesquisa aponta que 80% dos graduados nas universidades brasileiras são analfabetos funcionáis

    • Olivio Girelli

      Não funciona amigo. É mais uma lenda desse Site.

      • Thiago

        Não funciona para quem? Ora, é óbvio que para quem dispões dos meios funciona, e mais, funciona BEM melhor do que o modelo “linha de produção” (ou de doutrinação) vigente e dominante. Lenda é dizer o oposto. O sr pelo menos é bom em dialética (ou melhor, em SOFISMAS).

        • Olivio Girelli

          Thiago, eduque seus filhos como quiser, mas não fale como um comunista idiota cheio de frases tipo: somos contra o sistema, contra a burguesia, contra isso , contra aquilo.
          Para de por a culpa no tal “sistema”. Se.ja essa bosta de esquerda ou direita ou centro ou de cabeça para baixo.
          Você tá parecendo o filme The Wall, com aqueles meninos virando salsicha,,, kkkkkk
          Mas eu entendi uma coisa, realmente a lei obriga que crianças de tal idade frequentem a escola. É contra isso que você se rebela. Te dou razão.
          Numa realidade sem leis que interferissem em como os pais criam seus filhos seria desejável que todos os pais tivessem um puta senso de responsabilidade, pois a criança basicamente estaria à mercê dos seus progenitores ou de quem os cria.
          É mai que a coisa fica complicada.
          Como fazer para monitorar os pais displicentes? Violentos? Sem caráter? Viciados? Traficantes? Pedófilos?
          Seria uma bela dor de cabeça. Não interferir é o ideal, mas se seu vizinho não for o que você pensa você deixaria para lá? O estado deve se calar?

        • Olivio Girelli

          É igual À posse de armas. Legal todo mundo ter. Mas o estado deve ou não ficar de olho?

    • Raimundo Lulo

      tuas perguntas são totalmente sem propósito, vc quer é complicar a situação, como todo espírito de porco gosta de fazer…

      a lei diz o seguinte:
      1 – cabe aos pais
      2 – caso eles não possam, cabe ao Estado

      viu, como sua pergunta é um despropósito, vc não quer entender, apenas complicar e fazer rolo

      alguém que tem uma “busca da verdade” desse tipo já não serve pra educar meus filhos.. mas se vc passar num concurso, dirão que serve

    • Thiago

      Sr Osvaldo, não se trata de “um casal de semi-analfabetos” educarem seus filhos em casa; trata-se de não proibir quem possui os <<>> de fazê-lo. Não se trata de propor o modelo como único padrão, mas sim de não proibi-lo quando conveniente. Entendido?

    • Henrique Santos

      Osvaldo, boa noite!

      Creio que o link abaixo possa te ajudar
      https://encontrandoalegria.blogspot.com.br/

      O problema da educação oficial (pública ou particular), principalmente no Brasil, é ela ser muito ruim e, principalmente, alinhada à esquerda.

      Abraços,

  • Olivio Girelli

    Como se daria a retirada em massa das crianças? Milhões de alunos indo estudar em casa. Expliquem isso na prática.

    • Bob

      Como se daria a moradia dessas crianças? Milhões de alunos indo dormir em casa? Explique isso na prática.

      • Olivio Girelli

        É, você tem razão Bob, estudar é como dormir. Creio que seja a nova tendência mundial. Childrens go home.
        Você tem um raciocínio fantástico!!!

        • Bob

          Vamos lá: Quando falou em retirada, isso significa que está relacionando a questão de logística ou seja, como será a retirada das crianças das escolas e ida para casa. O que já acontece normalmente e em mão dupla, ou seja, elas também vão de casa para a escola. Todo dia, com exceção de feriados e finais de semana.
          Ninguém afirma que TODAS as crianças estarão em homeschooling. Isso depende da vontade dos responsáveis. E são poucos. O que pleiteamos é que isso seja feito de forma legal e transparente.
          Children é o plural de “child”. Não existe a palavra “childrens”.
          E quando fala “Children go home” isso é falar de uma forma não-polida.
          Obrigado pelo elogio ao meu raciocínio.

          • Olivio Girelli

            Não falei em logística de transporte. Falei em como milhões de crianças em casa serão educadas por pais que trabalham, Às vezes 2 ou 3 turnos, principalmente nos EUA (vejo que você entende algo de inglês….muito bom).
            Sinal que você deve saber que os Americanos trabalham muito para pagar suas contas e quase sempre estão ausentes.
            Então o que você pleiteia é o seguinte: quem pode aprende, o resto se foda.

          • Bob

            Não Olivio, não são milhões de crianças. São algumas famílias que querem o direito de educar seus filhos em casa e não sejam importunadas pelo governo. Só.
            Não só os americanos, mas em geral toda a população do planeta, trabalha muito e está ausente, mesmo estando em casa.
            O seu destempero mostra que perdeu o rumo da discussão e não compreendeu a idéia passada pelo texto.

          • Olivio Girelli

            Se a ídéia é te dar o direito de educar seus filhos em casa, estou em pleno acordo.Quanto a isto não tenho nenhuma reserva, O governo não deveria interferir, é uma escolha sua.
            Porém você esquece que seu filho pode não ter ainda a capacidade de avaliar se isso é o melhor para ele. Ele poderia ter o direito de exigir alguma compensação no futuro? Caso se sinta diminuido pela educação que recebeu?
            Acho legal ter um mecanismo de compensação, caso aja alguma negligência ou informações erradas, não acha?
            Dar aos pais poder ilimitado é meio estranho. Aliás muito estranho.

          • Thiago

            “Dar aos pais poder ilimitado é meio estranho”

            “Deixar os pais deliberarem sobre a educação de seus PRÓPRIOS FILHOS ao invés do Estado é meio estranho”

            – Olivio diz: “O Estado sabe o que é melhor para VOCÊ”.

            Controverso, ou bem hipócrita.

          • Olivio Girelli

            Não sua Anta doutrinada. deixa de ser burro, ou idiota como quer seu Astrólogo. Tem pais que não são um exemplo para seus filhos, seu descerebrado. Deixar que eles, e só eles, decidam e eduquem suas crianças é coisa de Muçulmano Fundamentalista Lobotomizado.
            Eu detesto ter que explicar algo para seguidores de Astrólogos. Puta que pariu.
            Thiago, você é bem burro meu caro, mas bem burro mesmo.
            Presa fácil para o Olavo. Carne de açougue.
            seu tosco.

          • Bob

            Olivio,

            Vou responder, com as suas citações, entre aspas.

            “Se a ídéia é te dar o direito de educar seus filhos em casa, estou em pleno acordo.Quanto a isto não tenho nenhuma reserva, O governo não deveria interferir, é uma escolha sua.”

            Sim, chegamos a um acordo aqui. O governo não deveria mesmo interferir na questão privada. Aliás deveria somente interferir quando há ameaça aos direitos básicos, vida, liberdade e propriedade. Nesse caso específico, se os filhos quisessem estudar em uma escola e os pais os privassem, através de ameaças ou castigos, aí sim uma autoridade estabelecida deveria interferir.

            “Porém você esquece que seu filho pode não ter ainda a capacidade de avaliar se isso é o melhor para ele. Ele poderia ter o direito de exigir alguma compensação no futuro? Caso se sinta diminuido pela educação que recebeu?”

            Sim, entendo que o filho teria esse direito e ele não tem a capacidade de decidir – por isso os pais devem ser os educadores principais na vida de uma criança e não terceirizar esse serviço, principalmente para o governo. Todos nós temos traumas e problemas, porém não dá para reduzir isso a um “processo” contra os pais.

            “Acho legal ter um mecanismo de compensação, caso aja alguma negligência ou informações erradas, não acha?”

            Não acho. Porque essa compensação acabaria nas costas do governo ou seja, de pessoas que não tem nada a ver com isso. É responsabilidade exclusiva dos pais. E como viabilizar qualquer ação contra os pais? Daqui a pouco os filhos processarão os pais por não terem dado um brinquedo, um doce, feito uma vontade. Serão criados adultos mimados que não saberão lidar com a vida.

            “Dar aos pais poder ilimitado é meio estranho. Aliás muito estranho.”

            Não é poder ilimitado, lembra-se dos três direitos básicos? Vida, liberdade e propriedade.

            Não, os filhos não são propriedade dos pais. Eles são tutores até o ponto em que eles podem caminhar sozinhos.

          • Thiago
          • Thiago

            Rá! Chegamos no motivo raiz da contaposição… “Se algo [no nosso caso, uma educação superior] não pode ser da posse de TODOS, então esse algo não pode ser da posse de ninguém”. Bem interessante a sua noção de democracia.

            No fundo eu já sabia que esse era o motivo da contraposição.

            Pode levantar sua bandeira. https://uploads.disquscdn.com/images/ae582aa4589b46e4b19aec886c90c78c46ca1f7471d8f0e12d50b8a366a12909.png

          • Thiago

            Ou seja, de acordo com seu raciocínio TODOS devem passar pelo moedor de linguiça lobotomizador do Estado — quem pode sair dele, que se foda. https://uploads.disquscdn.com/images/07310c4c6e6016479e99dd61868b6334dea29237505a509740d54a55c4bd37f2.png

    • Thiago

      Senhor, por favor, aponte em qual parte da matéria fala-se em “retirada em massa das crianças”. Você age de má fé? Ou é um mentiroso contumaz?

  • Olivio Girelli

    Qual país civilizado faz isso?

    • Thiago

      São 2 milhões de crianças no homeschooling nos EUA ao ano. Fonte: https://www.hslda.org/

      Falou, valeu.

  • Olivio Girelli

    É assustador como certas idéias sem pé nem cabeça recebem algum apoio. Israel, que é um exemplo para esse site, se orgulha de ter seus filhos educados em ótimas escolas. Tem um senso de comunidade muito forte. Pretegem e ajudam os Judeus rm qualquer lugar do mundo. Inclusive financiando estudos, acolhendo, distribuindo bolsas educacionais e etc..
    Ai o cara diz que quem aplaude isso é esquerdopata, direitopata, psicopata…
    Vá entender essa gente.

    • Thiago

      “É assustador como certas idéias sem pé nem cabeça recebem algum apoio”

      É, tipo o Lula ser eleito duas vezes e a Dilma uma vez.

    • Thiago

      É, como se Israel não tivesse homeschooling.
      E mesmo que não tivesse: precisamos lamber botas de outros países, de entidades internacionais, da ONU?

  • Olivio Girelli

    Educar em casa é super válido! Participar da educação é essencial. Mas não se deixem enganar por essas idéias ridículas que pregam retirada de crianças do sistema escolar. É coisa de gente mal intencionada.

    • Thiago

      “Educar em casa é super válido!”

      “Idéias ridículas que pregam retirada de crianças do sistema escolar é coisa de gente mal intencionada”

      Escolha um.

    • Leior Magri

      Senhor Olivio Gerelli, o Senhor gosta de estudar? Não disse frequentar escolas, disse estudar. Caso a resposta seja afirmativa, bom, o senhor deve ler bastante, então já viu em sua vida acadêmica muito professor falando merda, já deve ter notado como o professor, de uma forma geral, condiciona o aluno a estudar para as provas, já deve ter percebido como os alunos são “naturalmente” preguiçosos para estudar. O aluno vai para e escola para aprender a ler, a escrever, aprender matemática, mas o mesmo sai da escola odiando ler, e quando ler quer ler só molezinha, não sabe escrever e tem pavor da matemática. Eu digo a verdade, depois que me formei na escola, decidi começar a estudar em casa, português, matemática, desenvolver a leitura e, Caramba!!! Pude então começar a notar os estragos que a educação pública tinha feito em mim.

      Agora, voltando a pergunta inicial, se o senhor não gosta de estudar, nunca aprendeu uma coisa nova sozinho, com um bom livro, com pesquisas etc. Nesse caso, sua opinião não tem nenhum valor.

      Forte Abraço.

      • Olivio Girelli

        Bixo. Você começa bem mas sempre acaba em babaquice.
        Será alguma coisa que Olavo dá para vocês? Uma droga? Santo Daime?
        Só vou te dar um toque. Se um dia quiser aprender minha profissão eu te ensino. Te indico a literatura e te dou aulas práticas.
        Mas vai custar caro.
        Existem outras opções, mas vai ser dificil de você dominar.
        Por isso fico feliz com sua escolha e espero que de todos os outros autodidatas. Levarão séculos para aprender…. até lá já morri..kkkkk

        • Leior Magri

          Olá Olivio, obrigado por responder. Mas ser autodidata não é reinventar a roda, é buscar com os grandes mestres, é criar seu ritmo e trilhar seu próprio caminho. Grandes mestres escrevem, aprendem e engrandecem sua área de conhecimento. Poucas coisas na vida eu desenvolvi por conta própria, a maioria eu aprendi com mestres distantes, no tempo e no espaço.

          Se eu quero educar meus filhos em casa qual o problema? O estado não tem o direito de me privar disso, quem é o estado para isso? O estado tem que se auto privar de educar, pois o ensino público é uma MERDA! Eu vim de lá e sei o quanto ele é ruim.

          Olivio, só alguém que aprendeu a se educar é capaz de entender o que eu estou dizendo.

          Forte Abraço Olivio.

          • Olivio Girelli

            Se você se acha capaz então passe o que sabe para seus filhos. Conhecimento é srmpre benvindo. Só não os prive de outras opiniões, pode não ser justo.

      • Olivio Girelli

        Amigo. Faça o que bem entender. Leia mais….muito mais. Isso te fará bem.
        Mas leia tudo, nada de ter livros, revistas ou jornais proibidos.
        Se alguém lhe disser que vc não deve ler, ouvir ou ver algum meio de informação desconfie logo.
        Você tem discernimento para saber de tudo que se passa e tirar suas conclusões.
        Não fique refém de nenhum Astrólogo ou coisa parecida.

  • Olivio Girelli

    Raciocínio simples: os Americanos tem muitos jovens pais que servem ao exécito. Nâo raramente em missôes prolongadas no exterior. Às vezes em países onde eles jamais levariam seus filhos juntos.
    Como essas crianças seriam educadas?

    • Thiago

      Pela mãe, ou pelo estado, evidentemente.

      Mais uma vez (haja paciência): não trata-se de implantar goela abaixo um modelo uniforme para todas as crianças do mundo, cidadão. Trata-se de permitir e legalizar a prática para aqueles que podem e querem.

      Está claro, ou quer que desenhe?

      • Olivio Girelli

        Vá para a puta que te pariu seu papagaio babaca.
        Que otário cheio de frases feitas.
        Mané.

      • Olivio Girelli

        Desenhar? faz o seguinte, tatua no seu rabo, Seu Nazista nojento.

    • Thiago

      Você só consegue pensar em modelos idênticos tipo linha de produção para problemas/demandas sociais?

      Tem um cara que também pensava assim…

      https://uploads.disquscdn.com/images/cb5ceca4f52814198f4ecb832556f1fdd4c598afc558066f21b596025908d928.png

      • Olivio Girelli

        E você, seu filho de uma puta, é seguidor dele. Um racista fudido e anti social.
        Porque você tem fotos desse camarada???? Que adoração é essa?

  • Iason Souto

    Alguém avisa pro Olivio Girelli aí embaixo que o site dos mortadelas é outro, aqui estamos imunes ao mimimi, à retórica marxista e à mendacidade lulopetista.

    • Olivio Girelli

      Você nem sabe para que lado o vento sopra seu boçal. Não tem noção de história, estatística, administração ou qualquer coisa que o valha.
      Seu mimimi é a cantilena do Olavo, isso explica sua dificuldade.
      Mas tudo tem conserto.
      Try hard.

      • Iason Souto

        Não perco tempo discutindo com tipos como você. Sorry

        • Olivio Girelli

          Vá discutir com uma porra de mãe de santo, com seu astrólogo homossexual, ou com um pau de crioulo bem grande.
          Mas nada, você gosta é de molestar menores.

      • Thiago

        Então conte-nos mais sobre como é não saber separar amostra de população, gerenciar o próprio tempo e ser anti liberdades civis, mas julgando-se o fodão em Estatística, Administração e História?

        • Olivio Girelli

          Vai te fuder seu otário. Quem é contra a liberdade são babacas como você que querem ter algum poder sobre alguém, E escolhem os filhos pois são indefesos. Rapaz, tente exercer sua autoridade sobre um homem de verdade. Alguém que possa te confrontar. Tente isso.
          Vocês são piores que qualquer porcaria comunista, socialista, monarquista, escravagista ou o caralho.
          Sabe, gente como você tem que ser monitorada de perto, tem a porra do perfil do molestador de crianças.
          Conheço sua raça e seu cheiro.

    • Olivio Girelli

      Eu queria entender uma coisa: qual a sua mentalidade? Ela existe?

      • Raimundo Lulo

        acho que de uma maneira burra, típica de quem vive em uma confusão mental enorme, não sabe o significado das palavras e usa várias indistintamente, tu quis perguntar qual é o meu ethos…

        • Olivio Girelli

          Você foi bem doutrinado criança. E eu que achava que esquerdista é que sofria esse tipo de lavagem cerebral.
          At vero quia ingenia omnium paria esse non possunt, et alius ab alio distat vel animi vel corporis viribus, plurimaeque sunt morum, voluntatis, naturarum dissimilitudines, idcirco nihil tam est repugnans rationi, quam una velle comprehensione omnia complecti, et illam omnibus partibus expletam aequabilitatem ad vitae civilis instituta traducere.

      • Raimundo Lulo

        e você acha que ficar de cricri, perguntando pros outros “qual a sua mentalidade”, sem argumentar nada, não é um tipo de xingamento?

        eu respeito mil vezes mais quem chega e manda tomar no cu do que frouxos que ficam dando voltas tentando avacalhar usando polidez.. nem pra xingar vc deixa de ser um homem de gelatina

      • Gustavo Costa de Oliveira

        Tua posição e insustentável como a de qualquer planejador que se acha o luminar a ponto de querer forçar na massa tuas ideias e proibir-lhes outras..

        Assim como todos os outros, pensa assim na medida da própria ignorância.. porque a inteligencia, quanto menos se tem, menos se sente falta, porque o aparato que usas pra inteligir é o mesmo que percebe a própria inteligencia e as dos outros.. de modo que quanto mais ignorante o sujeito é, mais pensa que sabe mais que os outros… Daí o teu desprezo por aqueles que vc trata como burro…

        Não existe nenhuma coisa a se fazer se tu não predispuser teu espírito à busca da verdade e ao ataque incessante das próprias ideias. Tens que estar pronto pra ter as ideias destruídas mil vezes. Deves querer mais estar certo do que ter uma opinião própria. E se tu for falar das tuas ideias, é melhor que tu não se apegue mais a elas só porque tem as defentido. E dada a nossa situação, a exclusão de fatias enormes do conhecimento dos nossos costumes acadêmicos, é melhor vc fazer os próprios estudos, lendo todo o corpus aristotelico, os escolásticos, os Santos Padres, os palacianos, e vem seguindo até a modernidade lendo também os 100 maiores clássicos, um pouco da literatura mais representativa de cada país.. Leia 5 livros por mês pelo tempo de um curso universitário e tu vai ter uma formação de verdade. VITRIOL amigo, esse é o único caminho!! e já te adianto que Cristo é a Pedra Filosofal

    • Raimundo Lulo

      alguém que pergunta “qual a sua mentalidade”, como se essa pergunta fizesse sentido, só pode ser muito burro e presunçoso ao mesmo tempo..

      é mais bonito mandar tomar no cu, no rabo, catar coquinho, ou coisa que o valha, em vez de ficar afetando superioridade e tropeçando nas próprias pernas…

      • Olivio Girelli

        qual a sua mentalidade? será que você tem uma linha de raciocínio?

      • Olivio Girelli

        Esquisitinho, vai começar a xingar?

      • Iason Souto

        Excelente Raimundo!

      • Juliana

        Isso mesmo. Esse imbecil quer tumultuar.

    • Juliana

      Esse tipo de gente quer atenção e tumultuar. Ignoremos esse zero a esquerda. =D

  • Ricardo Jafe Carelli Fontes

    Atualmente, nas 3 maiores cidades do Brasil, há um clima de insegurança mesmo dentro das escolas do Ciclo Básico – insegurança essa noticiada na imprensa fartamente. Some-se a este quadro a venda de entorpecentes nas portas das escolas – tudo isto para não mencionar a qualidade do ensino em si, muito prejudicada também pelo descaso para com um ator importante na questão: o Professor, que mal recebe. Vivemos um quadro de desespero, de desesperança, de derrota. Nossos empregos foram todos para a China. Estamos totalmente sem condições de manter a nossa civilização brasileira nos padrões aceitáveis internacionalmente. UMA única esperança que resta é o Ensino Doméstico. Aprendi a ler e a escrever em casa, com meu Pai e minha Mãe – ambos professores. Experiência inesquecível, claro; todavia – com o desmantelamento científico da sequência de treinamento da civilização brasileira, muitíssimo bem executado, não teremos mais verdadeiros professores )como eu tive), pois como diz a Bíblia (Salmos), um cego não pode guiar outro cego, pois ambos cairão num buraco. Um buraco chamado Brasil.

    • Thiago

      Bela reflexão.

  • Olivio Girelli

    O modelo de educação do século 17 deve ser o modelo certo então. Imagine no Oeste americano, ou nas matas Brasileiras, desertos Australianos…. a educação naquela época, quando existia, devia ser a caseira. Exceto quando os pais não sabiam ler ou escrever.
    Quando os templos religiosos apareceram surgiu a ideia de educação em grupo, pessoas de confiança cuidavam das crianças e as educavam, no sentido de ler, escrever, ensino profissionalizante, etc…. Assim foi lançada a semente das escolas..
    Desse modo os pais tiveram mais tempo para realizarem suas tarefas, que não eram fáceis, já que era um mundo selvagem e com tudo por fazer.
    O mundo continua selvagem nos tempos atuais.
    Enfim, retire seus filhos da escola, te apoio. Os meus irão continuar nelas.
    Um filho faz Medicina, outro Psicologia. Como eu nem a mãe sabemos do assunto e custaria uma fortuna contratar professores nessa área ou montar um hospital particular (será que alguém faz isso?) nos vamos continuar agindo como “Comunistas Vermelhos Esquerdopatas Debiloides” e deixar eles nas respectivas escolas.
    Mas eu não aconselho você fazer isso amigo. Ensine em casa,

    • Thiago

      Olivio, você ignora que a internet (que é obra do século XXI) não facilita e muito tal iniciativa? Você ignora que pela internet os pais interessados poderão ter uma plataforma que se alinhe ideologicamente e epistemologicamente às suas expectativas, e educar pessoas de sucesso? O senhor está atrasado (o cabelo branco não lhe confere sabedoria por si só).

      • Thiago

        E é óbvio que “nem todos poderão usar esse modelo”. E daí? Liberdade, liberdade.

        Infelizmente, a grande massa será educada na base da “sodomia”, “maconha” e “transsexualidade”.

  • Olivio Girelli

    O cara disse que estudar em casa é igual ir dormir! Achei fantástico o raciocínio. Fenomenal.

    • Leior Magri

      Bom, se o senhor concorda com essa afirmação, então ela é VERDADEIRA, para o Senhor. Mas eu aprendi a maioria das coisas que sei em casa, com bons livros. Eu lhe respondi a poucos minutos, mas nem gaste seu tempo respondendo, a menos que queira alimentar seu ego, pois eu não irei ler. A opinião de alguém que acha tal afirmação “fenomenal” não tem nenhum valor para mim.

      Agora, se o senhor é um debatedor honesto, que está tentando encontrar a verdade e buscando a sabedoria, fique a vontade para me procurar no facebook, poderemos debater maduramente e aprender um com o outro.

      Forte Abraço Senhor Olivio.

  • Olivio Girelli

    O próximo passo será o trabalho em casa. Todos produzindo sem sair do lar. É possível, segundo o Bob é igual ir dormir. kkkkkkkk

  • Olivio Girelli

    Depois virá a Guerra em casa. Os soldados não irão mais se deslocar para o campo de batalha. segundo o Bob é igual ir dormir….kkkkkkk

  • Olivio Girelli

    Resumindo: tirem seus filhos da escola. Ensinem à eles o que vocês sabem (provavelmente ler e escrever e olhe lá).
    Enquanto isso os Chineses, Coreanos e Japoneses estão doidinhos para ocupar as vagas de trabalho que seriam de seus filhos, pois esses povos estudam pra cacete.
    Ah, os Americanos também, já que esses não brincam em serviço e nem com educação.
    O Brasil é o terreno fértil da babaquice.

    • Thiago

      Você pelo visto ignora que majoritariamente o sistema de ensino público brasileiro (e boa parte do privado) segue agendas de doutrinação globalistas. Ou sabe, mas não pode confessar.

      • Olivio Girelli

        Doutrinação globalista..rs… quem são os doutrinadores? Os Comunistas? Os Russos? Os Islâmicos? Ou serão os Judeus? Ou os Americanos? Será Obama? Ou Trump?
        Kkkkkkk
        É engraçado ler essas frases panfletárias: -somos contra a burguesia, somos contra os que exploram os trabalhafores, somos contra esse sistema que está ai, somos contra o mercado financeiro, somos contra a doutrinação globalista, somos contra os comunistas, somos contra os capitalistas, somos contra os iluminati, somos contra os protocolos de sião, somos contra Karl Marx, somos contra A extrema direita, somos contra a extrema esquerda, blá blá blá
        Vocês são todos iguais.
        Kkkkk

  • Toron Toron

    Matéria muito instrutiva. Hoje, uma unidade de educação infantil próxima de minha casa amanheceu completamente vandalizada, portas derrubadas, grades arrebentadas e com um cocô – juro – em cada sala de aula. Fiquei pensando nos pais cujos filhos estudam lá, é um ambiente completamente fora de controle.

    Imaginei que na situação deles, optaria pela educação domiciliar por tanto tempo quanto me sentisse capaz. Obviamente, chegará o ponto em que eu não serei mais a melhor opção para ensinar, e acabaria entregando meu filho ao ensino público, inevitavelmente. Desejo que a educação domiciliar encontre sua legitimidade neste país. Não é a panaceia das nossas mazelas, mas é uma ação preventiva muito eficaz.

  • Thiago

    Pela lógica “progressista/liberal”, se um bem/serviço/benefício não pode ser oferecido de graça ao mundo todo, ele não deve ser permitido a NINGUÉM. Isso é o cume da montanha das anti-liberdades civis.

  • Leior Magri

    Qualquer pessoa que como muitos de nós é um eterno estudante, aquela pessoa que lê os livros textos que a faculdade indica e até outros, aquele que pega em livros em casa, buscando aprender e não meramente ser aprovado em alguma matéria. Qualquer pessoa que é um verdadeiro ESTUDANTE sabe o poder do Ensino Domiciliar. Agora aquele aluno de merda, que estuda pela transparência que a professora apresenta em sala de aula, que nunca pegou em um livro, e quando pega tem um sono soberbo que o impede de ler um parágrafo, esse sim, não vai entender o poder do Ensino Domiciliar.

    O ensino generalista já é ruim por si mesmo, pois tem que ser adequado há maioria… Os professores, de uma forma geral, vejam, não falo por falar, falo com propriedade, estudei em escola pública todo o ensino básico, fiquei quase um ano letivo em uma escola particular, através de bolsa de ensino, estudei em universidade federal e em faculdade particular e todas essas instituições têm, de uma forma geral, professores que adoram que os alunos dependam deles. Professores que condicionam os alunos e estudarem para passar em provas. O professor parece adorar que os alunos dependam dele, mas a VERDADE é que o BOM PROFESSOR É O QUE FAZ ALUNOS INDEPENDENTES DELE, afinal, o mundo é tão “moderno” mas os alunos e os professores costumam agir como se estivessem vivendo a 2000 anos atrás… Hoje o professor não é mais o dono do conhecimento, hoje, de maneira geral, os professores são só repetidores, os mestres de verdade são os que pesquisam, os que escrevem livros, os que ESTUDAM.

    A força do ensino domiciliar está aí, pois os pais geralmente são estudantes e acabam gerando filhos que também são estudantes, aprendem com livros, com mestres que estão distantes, no tempo e no espaço (os escritores), por isso é incomparável.

    Forte Abraço a todos.

  • Juliana

    Muito boas as orientações e os esclarecimentos.
    Obrigada =D