1. Brasil
  2. Destaques
  3. Media Watch
  4. Outros

“Progressistas” se revigoram na tragédia moral do país

30 de novembro de 2017 - 18:39:01

No dia 27 de novembro, zapeando na TV a cabo, passei pela Globo News exatamente quando a apresentadora do Estúdio I, Maria Beltrão (foto), perguntou aos universitários que completam a mesa do programa: “Qual o estreito limite entre o conservadorismo e a extrema-direita?”. De saída, Maria já entendia tratar-se de um limite “estreito”. E não o conseguia definir. Foi o mais parecido que ela encontrou para evitar o vocábulo “inexistente”, que era seu entendimento, este sim estreito.

Maria está satisfeita com o Brasil que vê. Está convencida de que pessoas conservadoras, com princípios e valores, cumpridoras de suas obrigações, respeitadoras dos demais e da lei, são a parte pior da tragédia nacional. Ela acha que nosso país precisa derrubar mais e mais valores morais, tornar-se mais e mais permissivo, debilitar mais e mais os laços familiares, extinguir mais e mais interditos e proibições. Maria está convencida da relatividade do bem e do verdadeiro. Maria não conhece o “estreito limite” entre liberdade e libertinagem. Maria queria o Queermuseu cheio de crianças. Maria sorria deslumbrada para aquele casal que dava nome neutro ao bebê que iria nascer para não intervir na escolha de sua identidade sexual. Maria acha aquilo lindo. Maria incorporou a intelligentzia de algum Centro Acadêmico e ficou assim, “progressista” para o resto da vida.

No dia 28, o time de “progressistas” do programa Timeline da Rádio Gaúcha ensaiou o linchamento público de um vereador de Bento Gonçalves que foi salvo pela firmeza de sua posição em defesa do projeto que cria lugar especial na biblioteca pública municipal para obras impróprias a menores. A impropriedade ou não do catálogo do Queermuseu foi mote da entrevista. A fumaça de uma censura (ainda que meramente etária e legal, em conformidade com o ECA) pairava sobre os microfones. Os “progressistas” pareciam querer um catálogo daqueles na mão de cada criança do Brasil. Davi Coimbra chegou ao cúmulo de indagar se as conhecidas referências bíblicas a relações incestuosas dariam causa a interdição do Livro Sagrado de judeus e cristãos.

Na percepção dos “progressistas”, à medida em que avança sua luta “politicamente correta”, libertadora dos instintos, e à medida em que tombam os limites, em que são obtidas vitórias no combate à autoridade, à repressão policial, à posse de armas, à religiosidade, à moral cristã (mas nem uma tênue palavra sobre a sharia), o país vai tomando o jeito que eles gostariam que tivesse. Só pode ser isso. Talvez digam que a insegurança, a violência, a criminalidade, a degradação cultural, professor apanhando de aluno, sejam consequência do “fenômeno das drogas”. E novamente se enganam porque transformam em causa aquilo que é consequência.

As drogas, senhores e senhoras “progressistas”, são efeito da sistemática desconstrução dos valores morais; da libertinagem e da procriação irresponsável, com a decorrente ruptura dos laços familiares e sumiço da missão educadora dos pais. As drogas são consequência de se estar mais preocupado com quem põe um livro aqui ou ali do que com a necessidade de proteger a inocência infantil. As drogas são decorrência da repulsa a toda autoridade, do império dos sentidos, da perda da noção de limites e da omissão de quem os deve estabelecer. Tanto assim é que os dependentes químicos, quando se percebem no ápice de seu holocausto pessoal, procuram uma dessas benditas fazenda de recuperação onde vão encontrar o que perderam: valores, autoridade, disciplina, trabalho, ordem e espiritualidade com o que redescobrem o bem e fortalecem sua vontade para enfrentar as tentações do vício. E só assim dele se libertam.

Mas de que adianta falar dessas coisas a “progressistas” comprometidos com tudo que leve à gandaia geral?


http://puggina.org

 

  • Evelyn Petter

    Uma pergunta capciosa, no fundo burra ( perguntar sobre o estreito limite entre o conservadorismo e extrema-direita (!?) ).
    Nem sequer foi ventilado ( o que também seria totalmente desconexo e sem sentido) perguntar “há um limite entre o conservadorismo e a extrema-direita”?
    Não há estreito nem largo relacionamento entre ambos. Simplesmente, não tem nada a ver!
    Só uma emissora dessas, agora sim, com ESTREITO LIMITE, em relação à pauta globalista, usa da insensatez para fazer tal pergunta.
    Parabéns ao texto do Professor Puggina.

  • Hattori Hanzo
    • Rafael

      Olha onde o sujeito foi ver comunismo…

      • Sassá Mutema

        Comunismo = lixo. Já dizia Fernando Pessoa.

      • Hattori Hanzo

        Você não vê comunismo na Globo?

        • Newton (ArkAngel)

          Esquerdalhas possuem visão seletiva. Vêem só aquilo que lhes interessa, no lugar que interessa e no tempo que interessa.

  • Carlos Eugênio Abreu Camargo

    Infelizmente a Globo é o diabo que entra em nossas casas todos os dias.É uma promiscuidade total.

  • Newton (ArkAngel)

    O que acontece hoje em dia é que existem muitos seres humanos de baixa qualidade. Sim, essa degradação moral e intelectual é fruto de humanos com genética ruim, a qual ocasiona toda sorte de taras e limitações cognitivas. Necessário e urgente um recall.
    Basta olhar para a foto da tal de Maria Beltrão para notar a expressão aparvalhada, típica de idiotas. Seus olhos não possuem expressão nenhuma, parecem perdidos, talvez focando em algum lugar imaginário dentro de uma mente atormentada por estranhas e bizarras psicoses.

    • Mauricinho

      Perfeito Newton (ArkAngel), foi direto ao ponto.

      • Sassá Mutema

        Ele foi direto ao ponto, é? E você curtiu? Foi bom pra você?

        • Mauricinho

          “Ele foi direto ao ponto, é? E você curtiu? Foi bom pra você?”
          kkkkkkkkkkkkkk…

    • Gustavo Costa de Oliveira

      de todas as causas possíveis a genética é a mais remota

      • Newton (ArkAngel)

        Qual seria a mais provável então?

      • Gustavo Costa de Oliveira

        ahh! várias, difícil dizer qual é mais preponderante, mas até o estilo arquitetônico do prédio aonde ela cresceu influencia mais

      • Newton (ArkAngel)

        É mesmo? Então diz isso pra empregada que morreu assassinada pelo doberman que ela criou desde que nasceu, num ambiente de muito carinho e amor. O homem também possui instintos.

    • Sassá Mutema

      Pare de defecar pelos dedos. Genética? Se você é eugenista, só resta lamentar por você.

      • Newton (ArkAngel)

        Já me classificou? Já catalogou, numerou e registrou em seu arquivinho mental particular?
        Você apenas confirma o que eu disse. Psicótico achando intenções ocultas onde não há nada.

        Vá cuidar do jacaré amarelo com bolinhas azuis que dorme embaixo de sua cama.

        • Sassá Mutema

          Você fala como se eu estivesse me precipitando ao cogitar que as suas palavras sejam de um eugenista, embora essa seja uma conclusão razoável em face das bobagens que você escreveu. Logo, ou você não sabe se expressar, ou é covarde para admitir sua posição ( que se for, de fato, essa, é lamentável) ou, ainda, não sabe o que quer dizer eugenia.

          • Newton (ArkAngel)

            Já cansei de ver analfabetos funcionais, mas um que não consegue interpretar o que ele mesmo escreveu é novidade…
            Cara, na boa, a cada ação corresponde uma reação. Já chega dizendo expressões tão educadas como “defecar pelos dedos”, e ainda fica fazendo conjecturas sobre se sou ou não eugenista, e ainda espera respostas educadas? Sinceramente.
            Pelo bem da discussão, deixa isso pra lá, que não acrescenta nada a esse debate, e ao invés de me atacar minha pessoa, por que então não argumenta a respeito do assunto? Como já disse anteriormente, não sou cientista, mas procuro saber das coisas.

            http://www.cerebromente.org.br/n14/mente/genetica-comportamental1.html

            Bom domingo.

      • Gustavo Costa de Oliveira

        talvez não seja eugenista, mas certamente é um dos trouxas fetichistas da ciência que viram prostitutas de eugenistas

        • Gustavo Costa de Oliveira

          e o que vc falou não tem nada de “oculto”.. desconfiar que vc é uma besta quadrada eugenista é a consequencia natural da leitura do que vc escreveu, porque vc escreveu isso mesmo!

          não se faça de bobo dizendo que os outros estão vendo coisas aonde não há.. vc sabe muito bem que colocou isso no texto, correspondendo ou não a realidade das tuas ideias

          • Newton (ArkAngel)

            Parabéns pelos argumentos. Já leu o link? Ou você é daqueles adeptos do “não li e não gostei”?

    • Eduardo

      Concordo em parte com o que vc disse, mas dizer que isso vem de genética, acho que pulou o ‘corguinho’ como se diz por aqui. A própria experiência humana ao longo das eras comprova que Isso é fruto da cultura social predominante que contribui para a formação do caráter e a personalidade do indivíduo. Genética? Pode explicar melhor e de onde tirou essa ideia?

      • Newton (ArkAngel)

        Não sou cientista, tampouco tenho conhecimentos sobre ciência comportamental. Obviamente, o comportamento humano não depende apenas da genética, sabemos que a influência do ambiente é decisiva também. Mas minhas observações cotidianas, devidamente complementadas pela leitura de artigos (se são confiáveis ou não, por favor, algum especialista presente aqui me diga) apontam que a influência genética também pesa.. Se eu estiver errado, me perdoem, mas através dos erros chegamos aos acertos. Cito apenas um dentre vários.

        http://www.cerebromente.org.br/n14/mente/genetica-comportamental1.html

        O que mais vejo no dia a dia são determinados tipos de pessoas quase sempre fazendo as mesmas coisas.

        Aí já entra a velha discussão sobre o que chamamos de preconceito. O preconceito a que me refiro é aquele que corresponde à definição exata em termos linguísticos, e não a nova interpretação imposta pela novilíngua tupiniquim.

        Preconceito surge exatamente da simples observação de determinados tipos de pessoas, sejam lá quais forem, fazendo sempre as mesmas coisas. Claro que julgar uma pessoa pelo comportamento da maioria é falta de bom senso, mas negar certas coincidências (ou não) também é fechar os olhos. Se assim não fosse, de onde viriam então certas famas que todas as etnias possuem? Todos são frutos de observação, e independem do ambiente e posição geográfica. Daí, ao invés de pré-conceito, passa a ser pós-conceito.

        – Orientais são introvertidos e fanáticos (Kamikazes)
        – Alemães são inteligentes e sistemáticos (Já trabalhou com alemães?)
        – Italianos são rancorosos (Vendetta é um termo bem italiano)
        – Ingleses são fechados (a famosa discrição inglesa)
        …e assim vai.

        Ou será que em um belo dia ensolarado, simplesmente alguém decretou:

        “Declaro que, a partir de agora, todos os (coloque a etnia que quiser) são (coloque a característica que desejar). E ponto final?

        Creio eu que o ambiente é o maior definidor de nossas características individuais. mas negar a influência genética é ser cego.

        • Gustavo Costa de Oliveira

          poxa vida..
          ela é brasileira
          é jornalista
          trabalha na globo
          é formada nos tempos modernos
          é filha de político

          diante de tudo isso vc encontra a genética como o fator pra ser mencionado?

          • Newton (ArkAngel)

            Sim. Ela é filha de político.

          • Claudio Oliveira

            Na verdade, o pai dela era Hélio Beltrão, que foi ministro em dois governos militares, mas a atuação política dele se resumiu a isto. Fora isso, ele era advogado, funcionário público e sócio do grupo Ultra. Não dá prá dizer que ele era exatamente um “político”…
            Curiosamente, a Maria tem um irmão, também Hélio Beltrão, que é fundador do Instituto Millenium e do Instituto Mises Brasil.
            Toda família tem sua “ovelha negra”, e a Maria é a da família Beltrão…

          • Newton (ArkAngel)

            Então, já que são irmãos e foram criados pelos mesmos pais, se o ambiente fosse 100% determinante da personalidade, não haveriam as ovelhas negras. O ambiente é importante, mas não é tudo.

      • nando_dsqs

        Li a pouco tempo que até para votar tem muito de genética, origens

        • Gustavo Costa de Oliveira

          papel aceita tudo, o fato de vc ter lido isso não significa nada, essas teorias não são nenhuma novidade

      • nando_dsqs

        Não tem nada de cultura social predominante, isso sim é um bobagem sem igual

    • Arnaldo Probo

      Ela é filha de Helio Beltrão Ex. Ministro de João Figueiredo ! Quanto à pergunta dela nitidamente tendenciosa ,provavelmente o editor a mandou fazer ! Dai o ar de paisagem na expressão dela ! Quero acreditar que ela ainda é inocente !

      • Newton (ArkAngel)

        Ela pode até não ter sido a autora intelectual da questão, mas prestar-se a tal coisa só pode ser: 1) desonestidade intelectual 2) mau caratismo 3) simples aparvalhamento 4) todas as respostas anteriores

        • Otavio

          Eu vou na alternativa 4… hehehehehehe

      • Eliézer de Mello Silveira

        Não é.

    • Comments

      Apenas para lembrar: o que parece ser a base inquestionável para dizer que a genética seja determinante de um comportamento social é um artigo científico. O que significa, Newton, que se eu localizar um artigo que diga exatamente o contrário, posso defender de modo irremediável exatamente o oposto do que você defende.
      Será que pode ser assim?
      Ou a base para defender tal posição vai além desse artigo? Que, sem desmerecer, é um artigo, ainda que com o nome de científico.

      • Newton (ArkAngel)

        Na verdade, não creio que realmente seja uma base inquestionável, apenas, pelo menos para mim, faz bastante sentido. O ambiente possui influência gigantesca no comportamento do indivíduo, mas às vezes dizem que SOMENTE o ambiente determina tais ou quais comportamentos, o que parece não fazer sentido para mim. Se assim fosse, como então se explicaria o fato de entre vários filhos de um mesmo pai e mãe, e que certamente foram criados de maneira análoga, existir quase sempre o que chamam de “ovelha negra”?
        Meu objetivo em qualquer discussão é sempre caminhar em direção à verdade (se é que ela existe…), se tal artigo citado por você defender de modo irremediável o oposto do que citei (ao contrário do que você disse, eu não “defendo” nada e nem ninguém, não sou partidário de nada, apenas digo o que me parece fazer sentido)posso repensar o que acredito. Nesse quesito, não deixo o ego influenciar a busca pela verdade, não é demérito nenhum reconhecer posições equivocadas, muito pelo contrário, acredito ser sinal de bom senso.
        Bom sábado.

  • Mauricinho

    “Maria está satisfeita com o Brasil que vê”.
    Surpresa nenhuma, ela é só mais uma deformada mental e degenerada que faz parte deste grande ambiente de anomalias humanas chamado de mídia mundial.

    • Otavio

      Falou tudo, Mauricinho. Esta “elementa” (parafraseando a antiga presidenta) tem uma mente deformada, conseqüência da imoralidade esquerdista que tomou conta de todas as mídias por aqui.

      Maria Beltrão nada mais é que uma IDIOTA ÚTIL, dessas que lotam as redações e vomitam um caldeirão de idéias de consciências alteradas da realidade.

  • Luiz F Moran

    Extrema direita nada tem a ver com conservadorismo, está mais para anarquismo do que qualquer outra coisa.
    Essa imbecil que comanda essa porcaria nessa emissora fake news é uma analfabeta.

  • Marcos Pereira

    Precisamos saber da realidade de um Plano Divino de Evolução: Ds primevas eras dos primatas que, basicamente dividiram-se em duas linhagens: Uma degradou e deu origem aos símios, outra trabalhada criteriosamente pelos Portadores de Vidas, deu origens às primeiras manifestações de nossos ancestrais: Bípedes eretos dotados de inteligência pouco acima das espécies simiescas mas com potencial ao longo de eras para alcançar a Deus no Paraíso. Tudo divinamente controlado, super controlado para levar os homens das hordas primitivas, evoluir em tribos, pequenos reinos, reinos nações e, finalmente um mundo. Mas percebemos, estudando o assunto que a linha de progresso é totalmente oposta às ideias tortas dos coletivistas ( prefiro nomeá-los assim do que “progressistas – que tornou-se uma uma ideia chave perigosa nas mãos do rebeldes/revolucionários). O progresso ocorre na linha inversa do que pensam os arautos da mentalidade revolucionária. O homem, uma civilização vai conquistando mais autonomia, mais liberdade de escolha relativa, até que nos estágios avançados típicos de um mundo em Luz e Vida, de elevadíssimos níveis morais e espirituais, o homem praticamente se auto governa. Para o desespero dos coletivistas, entrando nessas era luminosas, governos planetários tendem a serem extintos: Afinal a maioria da população sabem como decidir entra a Verdade e o erro, entre o Bem e o mal, entre o pecado e a Retidão. Definitivamente estaremos anos luz de distância do famigerados Estado Babás e seus ditadores da hora, seus burocratas que vivem de evacuar porcas regras.
    Daí talvez o desespero dos rebeldes coletivistas como a alienada maria b. Talvez no fundo de suas porcas almas, e mentes corrompidas sintam que há algo de errado em suas teses.
    Certamente chocando algumas as pessoas e concordando totalmente com a tese do Newton, afirmo: A genética é fundamental, básica. Deve ser tomada seriamente em conta. Talvez poucos saibam, mas o erro de Eva, não foi ter comido uma simples maçã, mas ter tido um filho com um simples mortal, Cano, gerando o verdadeiro fruto proibido: Caim. Adão em solidariedade a Eva, cometeu o mesmo desatino, gerando outro fruto proibido: Sansa. Diante do rompimento dos fundamentos de seus projeto na Terra, os Anjos do Senhor, não tiveram outra alternativa que não Abortar o projeto adâmico em nosso planeta.
    Pois é, senhores, tem muitas coisas que precisamos saber. Pobres coletivistas rebeldes. Almas perdidas, confusas que não só não aceitam, mas infelizmente combatem a REALIDADE DE DEUS.
    Inescapavelmente vão se dar mal. O problema é que na trilha do Mal, fazem muitos e exagerados estragos civilizacionais.

    • Candangus2

      Gostaria de saber a que linha de pensamento religioso e filosófico o Sr. se refere. No início achei que fosse espírita, da linha que dialoga com o evolucionismo biológico, mas pelo restante do texto, vejo que não.

      • Marcos Pereira

        Caro,
        Não se trata de linha de pensamento mas informações contidas na Quinta Revelação de Época – O Livro de Urântia.
        Para sua informação, as quatro revelações anteriores são
        1ª A vinda do Príncipe Planetário, Caligástia, a 500.000 anos – Este foi o príncipe caído, destronado na época de Jesus, a 2000 anos. Em seu lugar foi entronado, Melquisedeque Maquiventa.
        2ª A vinda dos Filhos Materiais, Adão e Eva a 37.000 anos. O projeto adâmico foi abortado devido aos erros, inicialmente cometido por Eva, que teve um filho com um simples mortal, cujo fruto foi Caim, o verdadeiro fruto proibido. Adão em solidariedade cometeu o mesmo desatino, tendo outro fruto proibido – Sansa. Devido a falta adâmica o Primeiro Jardim do Eden, localizado numa península no oriente médio, transformou-se num pandemônio. A península, afundou em um dos cataclismas que afetaram a região.
        3ª A vinda de Melquizedeque Maquiventa nos tempos de Abraão. Foi com Maquiventa com quem Abraão teve várias conferências e orientações. Os melquizedeques são uma ordem de seres celestiais, exímios administradores e especialistas em atuar em situações de emergência.
        4ª- A vinda de Jesus Ben Josef ou Jesus de Nazaré. Filho de Deus e Filho do Homem a 2000 anos. Jesus, na verdade Micael de Nebadon, é um Filho Criador , da Ordem dos Micaéis. Efetuou em nosso planeta, a sua sétima e definitiva auto outorga. Comumente é confundido com a Segunda Pessoa da Trindade do Paraíso, o Filho Eterno. Hoje governa com amplos e ilimitados poderes o Universo (Local)de Sua Criação – Nebadon, o universo do qual no planeta faz parte.
        Nos registros do Paraíso , o planeta Terra foi registrado como Urântia, sob nr.. 5.342.482.337.666 a 1 milhão de anos atrás.
        Nesse imenso universo dos universos, tudo se conta, em nr.s imensos, além da nossa capacidade de imaginação.
        As informações estão aí. Estude-as e amplie seu horizonte de consciência.

        • Sassá Mutema

          Cara, pare com a maconha. Sério, isso não tá te fazendo bem!

          • Marcos Pereira

            Não discuto com pseudônimos, ainda ignorantes.
            Fim

          • Sassá Mutema

            Estou tentando ajudá-lo. Mesmo que você não tenha escrito esse “texto” sob o efeito de drogas, sugiro que procure ajuda psiquiátrica.

  • João Sena

    “Progressistas”. Só no nome. Na realidade são pessoas retrógradas, cheias de complexos, megalômanas, portadores de transtorno mental. No livro “O Dinossauro”, de José Osvaldo de Meira Penna, o autor define muito bem as ideias dos “progressistas” como paradoxais.

    Tomo a liberdade de fazer a citação de um trecho do referido livro do autor:

    “Com efeito, eis o paradoxo: os intelectuais de esquerda que se autointitulam
    “progressistas” são hoje “ecologistas” e os maiores inimigos das transformações que o
    mundo moderno nos propõe. Inversamente, os mais leais seguidores da clássica Filosofia
    Perene são aqueles que mais abertos se declaram, mais se arriscam diante das alternativas
    geradas pelo Moderno. Do mesmo modo, os chamados teólogos da libertação, longe de
    promoverem a liberdade, o desenvolvimento e o progresso, fazem uma opção preferencial
    pela pobreza do passado colonial, recusam-se a aceitar as propostas imperativas de controle
    da natalidade, atêm-se à velha estrutura do clericalismo autoritário e paternalista — como se sua intenção fosse recriar a república teocrática dos guaranis.”
    (…)

    “Vejam: os “progressistas” admiram a União Soviética e o socialismo, quando são
    os Estados Unidos a nação que carrega o futuro. A URSS é o último abencerrage do
    absolutismo monárquico, do imperialismo territorial, do nacionalismo vieux jeu que aspira à
    autarquia econômica e à hegemonia política. O socialismo é a receita da estagnação, a
    última expressão da “religião civil” como nostálgica memória de uma organização coletiva,
    fortemente comunitária, onde não devam reinar os imperativos darwinianos evolucionistas
    de concorrência e luta pela vida. Longe de ser a filosofia insuperável pretendida por Sartre,
    é o marxismo a mais obsoleta versão do romantismo antieconômico, antimonetário, antiindustrial
    do século XIX. ”

    (O Dinossauro, José Osvaldo de Meira Penna)

  • Candangus2

    Caríssimo Percival: faça como eu, não assista fake news kkkkkkk. Eu inclusive não assino mais a NET, não dou um centavo à globolixo. Com internet de outro provedor e Netflix/Youtube, diversão e informação garantidos.

  • Sebastião José da Silva

    Mais um rabisco impecável!

  • Daniel De Paula

    Esse povo da Globo não passa de um bando de maconheiros disfarçados… investiguem e irão descobrir.

  • Eduardo

    Quando um imprestável conquista o domínio, a nação inteira cai, já dizia um sábio milenar… não é por acaso que estamos vendo a decadência dos valores, das virtudes, da dignidade humana, onde o espaço passa a ser ocupado por coisas chulas, coisas bregas, estupidez e coisas do tipo. O Socialismo é exatamente a elevação do imprestável em todos os sentidos onde o ápice é o comunismo rasteiro.

  • fbl

    Será que Maria pratica a ideologia de gênero dentro da sua casa com seus filhos (se é que ela tem)? O desespero dessa gente e da mídia lixo com o aumento da quantidade de pessoas olhando com bons olhos para conservadorismo com intuito de corrigir os rumos da sociedade brasileira e do país é notório. Quanta mais gente acordar melhor.

  • Arnaldo Probo

    Eu retrucaria com a pergunta: “Qual o estreito limite entre social democracia e extrema esquerda” ?

  • Hausberg Beers

    Atenção moderninhos:
    Um milhão de tolos não forma um Sábio!
    Todos “iguais” !!! Todos “iguais” !!! isso é o que querem…só que não…
    Vade retro!

  • marcelo almeida

    Intervenção Militar já!

  • Ricardo

    Parabéns, Prof. Percival.

  • Blue Eyes Na Resistencia

    Ela é funcionária do “falso profeta midiático”… vcs queriam o que ???… e sim, ela é mais burra do que pensamos… assisto essa parva quase que diariamente só pra ver a que nível de boçalidade “estepaís” está chegando… ela é meu “esquerdômetro” para assuntos sem importância e pretensos assuntos sérios… mas a parte que mais gosto é quando ela anuncia o “XÉXEU”… rsrsrssrssss… puta apelido de baitola… rsrsrrsssss… me permitam o momento zoação canalha… não pude resistir… rsrssrsrssss…