O Arquipélago Gulag

Do livro dele, editado em 1947, ao “Arquipélago Gulag” de Soljenitsin, traduzido no Ocidente 27 anos depois, muita desilusão se dera em relação às grandes bandeiras do socialismo.

Desde o início da ditadura bolchevique sabia-se da utilização de campos de prisioneiros. Nada de estranhar visto que a Rússia, entre 1918-1920, mergulhara numa violentíssima guerra civil entre vermelhos (os bolcheviques) e os brancos (as forças czaristas), ampliada ainda mais pela intervenção de diversas potências estrangeiras (alemães, ingleses, franceses, americanos, japoneses). Todavia verificou-se que, no pós-guerra, o regime soviético vitorioso resolveu intensificar sua política prisional.

Guerra é paz, paz é guerra

Enquanto no Brasil o assunto na mídia, nas redes sociais e conversas de botequim gira em torno dos mega-escândalos exibidos na “Operação Lava Jato”, a Venezuela arde e sangra, em meio a um mar de miséria, fome, repressão e assassinatos de gente inocente e desarmada, sem que no Brasil as pessoas se dêem conta. Poucos […]

Londonistão: 423 Novas Mesquitas, 500 Igrejas Fechadas

“Londres é mais islâmica do que muitos países muçulmanos juntos”, de acordo com Maulana Syed Raza Rizvi, um dos pregadores islâmicos que lideram o “Londonistão”, nome dado pela jornalista Melanie Phillips à capital inglesa. Não, Rizvi não é um extremista de direita. Wole Soyinka, Prêmio Nobel de Literatura, foi menos cortês, ele chamou o Reino Unido de “fossa dos islamistas”.

“Dia da Terra”, 1970: as 13 mais ridículas previsões

Por Jon Gabriel No último sábado, 22 de abril, foi celebrado o “Dia da Terra” – um evento anual lançado pela primeira vez em 1970. As festividades inaugurais (organizadas em parte pelo então hippie e agora condenado assassino Ira Einhorn) previam morte, destruição e doença a menos que fizessemos exatamente como os progressistas mandavam. Soa […]

A reabilitação dos Habsburgos na Hungria

Em setembro de 1944, um verdadeiro rolo compressor soviético submerge a Hungria, esta monarquia sem rei dirigida desde 1º de março de 1920 pelo almirante Miklós Horthy de Nagybánya. Sufocado entre seus aliados nazistas e as tropas de Stalin, Horthy vê seu regime autoritário e nacionalista vacilar sob os golpes da foice e do martelo. No dia 13 de fevereiro de 1945 Budapeste cai depois de um mês de cerco. Os comunistas ocupam o país, votam pela queda dos Habsburgos e proclamam em seguida a república. 27 anos depois da queda do muro de Berlim a Hungria se reconcilia com seu passado e reabilita sua dinastia real. Um Habsburgo hoje poderia novamente cingir a coroa de Saint-Etienne?

Os desafios de Donald Trump

O verdadeiro conservadorismo, renovado agora por Trump, luta para manter intocados os valores tradicionais.
Estes não são apenas valores americanos, mas os milenares valores judaico-cristãos.

PS francês em fase de liquidação

O Partido Socialista sai despedaçado dos cinco anos do catastrófico governo de François Hollande. Nas primárias abertas do Partido Socialista (PS) francês, cujo segundo turno foi realizado ante-ontem, se impôs Benoît Hamon (49 anos). Ele obteve 1.196.253 votos (58,72%) enquanto que o vencido, o ex-primeiro-ministro Manuel Valls (54 anos), obteve 841.310 votos (41,28%). Entretanto, o novo candidato oficial do Partido Socialista, um efêmero ex-ministro da Educação (durou no cargo 147 dias), tem poucas possibilidades de ser eleito presidente da República em abril-maio próximo. Uma sondagem realizada no mesmo domingo mostra que Hamon só conseguiria entre 13% e 15% das intenções de voto durante o primeiro turno da eleição presidencial, quer dizer, que ocuparia a quarta ou quinta posição, atrás dos outros candidatos.

Anthony Weiner na mira da Justiça

Os principais nomes da cúpula do Partido Democrata dos EUA envolvidos nos mais sórdidas esquemas de pedofilia e exploração sexual da história política do país, com direito a rituais satanistas. Enquanto isso, a grande mídia se esforça em ocultar sob a cortina de fumaça chamada “Fake News”

A tragédia palestina na Síria

No mundo árabe, as violações dos direitos humanos não são notícia. Notícia é quando os direitos humanos são respeitados em algum país árabe. Palestinos fugindo do campo de refugiados Yarmouk, perto de Damasco, Síria, após intensos combates ocorridos em setembro de 2015. (imagem: SANA news agency) O ano de 2016 foi bem complicado para os […]

A primeira semana de Trump

“O que Trump está restaurando é a defesa do estado-nação contra o globalismo” “Esqueçam direita e esquerda. A direita-establishment também é globalista. O que temos é nacionalistas contra globalistas” Heitor De Paola comenta os feitos de Donald Trump em sua primeira semana de governo, um e-mail de Hillary Clinton vazado pelo Wikileaks sobre as relações […]