Quem é a mulher do ano?

Eu sei que os títulos de mulher do ano costumam ser concedidos para celebridades do meio artístico, dos palcos, das câmeras e das passarelas. Isso tem muito a ver com a superficialidade das relações sociais, vulgarmente incapazes de avançar um milímetro sequer sobre as aparências. Ao afirmá-lo, não estou emitindo juízo de valor sobre quem […]

Judith Butler em recuo estratégico

Por Pe. José Eduardo de Oliveira e Silva.   “Escrevi essas notas por ocasião da leitura do artigo de Judith Butler na Folha de São Paulo em 20 de novembro de 2017, numa breve meditação filosófica. O texto é maior que as postagens habituais, mas penso que valha a pena sua leitura atenta e reflexão”. […]

“Progressistas” se revigoram na tragédia moral do país

No dia 27 de novembro, zapeando na TV a cabo, passei pela Globo News exatamente quando a apresentadora do Estúdio I, Maria Beltrão (foto), perguntou aos universitários que completam a mesa do programa: “Qual o estreito limite entre o conservadorismo e a extrema-direita?”. De saída, Maria já entendia tratar-se de um limite “estreito”. E não […]

Populismo: um brado de liberdade – Parte 2

Por Roger Kimball. Parte 2 Eu acho que a primeira vez em que percebi que o ataque contra a simpatia por líderes populistas poderia ter um poderoso efeito político, moral e deslegitimador de classe foi quando eu estive em Londres em junho do ano passado para cobrir a votação do Brexit. Praticamente todo mundo que […]

A estratégia econômica da China e as relações da Rússia com os partidos eurocéticos

Heitor De Paola reflete sobre o amadorismo reinante quando o assunto é a China, as confusões de Marx sobre o quis descrever como “modo de produção asiático” e as comprovadas falsificações presentes em sua obra. Destacando a grande vocação que o povo chinês tem para o comércio, Heitor de Paola explica porque os comunistas chineses […]

Populismo: um brado de liberdade

Por Roger Kimball. Sobre a luta para manter o governo nas mãos dos homens livres.   “Logo se descobriu que a forma de um governo livre e os fins de um governo arbitrário não eram coisas de todo incompatíveis entre si.” Edmund Burke, Pensamentos sobre a causa dos presentes descontentamentos.   É curioso como algumas […]

Candidatos do esquema global

Desde que Roberto Marinho morreu (agosto, 2003), o Grupo Globo (antiga Organizações Globo) não acerta uma. Lá se vão quase 15 anos, mas o grupo, aferrado aos ditames e interesses do “politicamente correto”, navega na contramão do que pensa a população brasileira, como se sabe, de natureza notoriamente conservadora. Já assinalei aqui, muitas vezes, que […]

Chefe do Foro de São Paulo confirma análises de Graça Salgueiro

Monica Valente, em discurso na assembléia final da “II Jornada Continental por la Democracia y Contra el Neoliberalismo”, no último dia 18, em Montevidéu, Uruguai.   Graça Salgueiro comenta as recentes declarações de Mônica Valente, a atual chefe do Foro de São Paulo, sobre a natureza das sucursais do Foro (a Unasul, o Mercosul e […]

O porquê da persistência dos delírios palestinos

Tenente Hiroo Onoda, espada em punho, saindo da selva na Ilha de Lubang em 11 de março de 1974, quase 29 anos após a rendição japonesa. Em 1974, o segundo tenente Hiroo Onoda que servia no Exército Imperial Japonês ainda lutava pelo imperador escondido em uma selva filipina. Ele rejeitou inúmeras tentativas de ser notificado […]

2018: Hora de “fazer o diabo”, de novo

Se há algo que sabemos sobre as  potências das trevas é que elas não mudam de caráter nem de objetivo.   Novamente é quase três da madrugada na  necrópole da República. Hora de cultos satânicos, quebrantos e esconjurações. Ágeis como drones, bruxas esvoejam entre lápides e ciprestes. Taumaturgos de colarinho branco presidem cerimônias. Quem ainda […]