Eu propus à OTAN enfrentar um ditador

Em 2 de maio de 2017, recebi uma carta bastante atenciosa do Diretor da Comissão Política da Assembleia Parlamentar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (conhecida como AP-OTAN) perguntando se minha organização, Middle East Forum, “poderia organizar uma série de reuniões e discussões “com os membros da assembleia. Para aqueles, como eu, que não […]

ONU e suas farsas: o Conselho de Direitos Humanos

Seis coisas que você precisa saber a respeito do Conselho de Direitos Humanos (CDH) da ONU: 1 – O CDH dedicou 56 das suas primeiras 103 resoluções a criticar Israel. 2 – Entre 2006 e 2014, o CDH dedicou 33% de suas sessões extraordinárias a criticar Israel. 3 – Durante o mesmo período de tempo, […]

A incessante encenação das mentiras palestinas

Jared Kushner (à esquerda), assessor sênior do presidente dos EUA, Donald Trump, no encontro com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, em 21 de junho de 2017 em Ramala. (Foto: Thaer Ghanaim/PPO da agência Getty Images) Os enviados Jason Greenblatt e Jared Kushner dos Estados Unidos, que se encontraram nesta semana em Jerusalém e […]

Brasil: os ardis do establishment para a extinção da democracia

As várias armadilhas em preparação para que a máfia que domina Brasília acabe de vez com o poder do voto e não tenha mais satisfações a prestar à nação, bem como os últimos acontecimentos políticos no Oriente Médio, são os temas analisados por Heitor De Paola na mais recente edição de seu programa, ‘O Outro […]

Trivializando o Holocausto

Por Ron Jager  ISRAPUNDIT – 24/04/2017 Esta semana, Israel vai relembrar não só os seis milhões de judeus que pereceram no Holocausto, mas também as histórias não contadas dos muitos atos de resistência judaica que ocorreram durante este período em toda a Europa, o Holocausto sendo o período mais escuro da história judaica. No entanto, nos […]

Por que a Rússia está por trás dos ataques com armas químicas na Síria?

O regime autoritário russo de Vladimir Putin está por trás dos ataques com armas químicas contra a população civil síria na localidade de Idlib, por razões estratégicas, políticas, geo-políticas e da tradicional guerra psicológica russa de amedrontar o adversário para forçá-lo a agir à sua maneira. 1. Não é segredo para ninguém que a atitude […]

A tragédia palestina na Síria

No mundo árabe, as violações dos direitos humanos não são notícia. Notícia é quando os direitos humanos são respeitados em algum país árabe. Palestinos fugindo do campo de refugiados Yarmouk, perto de Damasco, Síria, após intensos combates ocorridos em setembro de 2015. (imagem: SANA news agency) O ano de 2016 foi bem complicado para os […]

Equívocos históricos dos árabes em suas intenções com Israel

Em maio de 1948, Azzam Pasha (direita), secretário-geral da Liga Árabe, reagiu à proposta da nova área judaica da partilha: “esta será uma guerra de extermínio, um massacre memorável.”

Esta é a primeira parte de um artigo dividido em duas partes. A segunda parte irá examinar as alternativas de hoje para nós árabes.

No estado atual das relações entre o mundo árabe e Israel vemos uma colcha de retalhos de hostilidades, paz tensa, cooperação limitada, tranquilidade e violência. Nós árabes gerimos nosso relacionamento com Israel de maneira cruel, mas o pior de tudo é a contínua situação dos palestinos.

O ISIS chega a Gaza

Informes indicam que, nos últimos anos, um número cada vez maior de milicianos do Hamas fugiu da Faixa de Gaza para se juntar ao ISIS no Sinai, na Síria e no Iraque. Na foto acima: imagem de agosto de 2014 de terroristas do Estado Islâmico no Sinai (naquela época conhecido como Ansar Bayt al-Maqdis), se preparando para decapitar quatro egípcios acusados de espionarem a favor de Israel.

Tentativa de golpe na Turquia: um festival de pretextos

A rede de TV NTV da Turquia mostrando soldados que participaram da tentativa de golpe se rendendo, com as mãos levantadas, na ponte do Bósforo em Istambul, 15 de julho de 2016.

Tudo parecia surreal na Turquia; soldados convidando o chefe do esquadrão anti-terrorismo da polícia para uma “reunião”, na verdade para matá-lo com um tiro na cabeça; oficiais de alta patente, incluindo o chefe do estado-maior das forças armadas, o comandante da força aérea, o comandante das forças terrestres e o comandante da guarda civil, serem tomados de reféns pelos seus próprios ajudantes de ordens; depois pessoas tomando as ruas, aos milhares, para resistirem ao golpe de estado, se apoderando de tanques, sendo mortos, soldados abrindo fogo contra civis e, para completar a vitoriosa multidão pró-Erdogan linchando soldados que encenavam o golpe onde quer que se encontrassem.