Religião


Decisão de Trump sobre Acordo de Paris é a pior derrota política de Bergoglio

A retirada dos Estados Unidos do Acordo do Clima de Paris, em 1º de junho de 2017, foi a pior derrota política do papa Francisco, mostrando assim o equívoco de suas posições políticas, assumidas escancaradamente desde que assumiu o pontificado, em março de 2013, para perplexidade de muitos católicos, especialmente os que se empenham com […]

“Casamento” gay é “sacramento” luciferino, diz porta-voz do Templo Satânico

Doug Mesner em mais um ato provocativo que acaba por evidenciar as origens e reais propósitos de certas agendas da esquerda. “Sempre que o povo americano tentar conter o aborto ou manter leis do casamento tradicional, os seguidores de Satanás vão estar lá para se opor”, prometeu o porta-voz nacional do Templo Satânico, segundo a […]

‘Teologia feminista’ já faz parte da estrutura da Igreja Católica no Brasil

Aborto, ordenação de mulheres, “desconstrução da moral cristã tradicional”, ampliação dos direitos sexuais e reprodutivos e ideologia de gênero. Estes são os objetivos da ‘Teologia Feminista’ (TF), que já se infiltrou na estrutura da Igreja Católica através de mulheres ativistas da Teologia da Libertação (TL). Essa infiltração dentro da Igreja tem sido cada vez mais […]

A farsa se repete: a “Rússia cristã”, de Stalin a Vladimir Putin

A “nova Rússia” está extremando seus artifícios para tentar cativar cristãos e conservadores no Ocidente.


O curioso é que essa artimanha não é nova. Já foi tentada pelos serviços secretos soviéticos em outras circunstâncias, notadamente nos tempos de Stalin, a quem Vladimir Putin se refere como seu modelo de governante.

Rússia: cada vez mais agressiva contra a liberdade religiosa, aponta relatório

USCIRF – Press release Nota do ICC – International Christian Concern: Como a Rússia continua a violar incessantemente a liberdade religiosa, a Comissão dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa (USCIRF), ao divulgar seu relatório anual de 2017, recomenda que a Rússia seja categorizada como um país de particular interesse. Os sistemas jurídico e judicial da […]

Estado Islâmico destruiu quase 12 mil casas de cristãos no Iraque

Voz dos Mártires – Portugal A revelação é de um estudo realizado pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre, junto de refugiados iraquianos: quase 12 mil casas foram danificadas e cerca de 700 completamente destruídas nas aldeias cristãs na Planície de Nínive, no Iraque, pelo auto-proclamado Estado islâmico. A fundação fez uma estimativa dos custos […]

Livros revelam bastidores da omissão do Vaticano II sobre o comunismo

O vaticanista Andrea Tornielli, (“Paolo VI. L’audacia di un Papa”) trouxe nova luz sobre a omissão da condenação explícita do comunismo pelo Concilio Vaticano II, segundo o escritor Antonio Socci no diário “Libero”. Tornielli publicou carta inédita do cardeal Tisserant, de 22.8.1962, confirmando o acordo entre representantes do Vaticano e da Rússia soviética para impedir […]

Ostpolitik: o capitulacionismo vaticano ante o comunismo aos olhos de um historiador


Observadores do Patriarcado de Moscou, na verdade agentes da KGB disfarçados, chegam para vigiar
que o Vaticano II cumpra a promessa de não condenar o comunismo.


A política de aproximação do Vaticano com o comunismo, ou Ostpolitik, iniciada na década de 1960 sob o bafejo de João XXIII e Paulo VI, não só não deu os resultados esperados, mas se revelou desastrosa para os católicos sob a tirania marxista, escreveu George Weigel, pesquisador do Centro de Ética e Política Pública, de Washington. Seu artigo foi reproduzido no site da insuspeita Unisinos.

O Papa e a Guerra Santa

Papa Francisco (direita), disse recentemente: “eu não estou falando de uma guerra de religiões. As religiões não querem guerra”, e “eu acredito que não é justo igualar o Islã com a violência. Não é justo e não é verdade”.
Hassan al-Banna (esquerda), fundador da Irmandade Muçulmana, escreveu que “o Nobre Alcorão nomeou os muçulmanos como guardiões da humanidade, que ainda não atingiu sua maioridade, e lhes concede os direitos de suserania e domínio sobre o mundo a fim de realizar esta sublime tarefa.”

Na manhã de 26 de julho, o Padre Jacques Hamel de 85 anos de idade foi assassinado no altar a facadas, enquanto celebrava a missa, por um dos dois devotos do Estado Islâmico que haviam invadido a igreja. O assassino cortou sua garganta e poderia muito bem tê-lo decapitado, como é o costume de muitos carrascos jihadistas. Os seguidores de uma fé que glorifica os assassinos como mártires (shuhada’) criaram um mártir de fé completamente diferente.

O Papa cedeu a Europa ao Islã?

Em 2006, o Papa Bento XV (esquerda) ressaltou que nenhum Papa jamais ousou dizer que há um elo entre violência e Islã. Dez anos depois o Papa Francisco (direita) jamais invoca pelo nome os responsáveis pela violência anticristã e nunca menciona a palavra “Islã”.
(imagem: Benedict: Flickr/Igreja Católica da Inglaterra | Francis: Wikimedia Commons/korea.net)

Ao desenrolarmos a lista das viagens apostólicas do Papa Francisco — Brasil, Coreia do Sul, Albânia, Turquia, Sri Lanka, Equador, Cuba, Estados Unidos, México, Quênia, Uganda, Filipinas — poder-se-ia dizer que a Europa não está exatamente no topo da sua agenda.