Terrorismo


Por que o ISIS atacou Manchester, Inglaterra?

Nota da tradutora, Graça Salgueiro: Essa entrevista foi realizada na manhã de 23 de maio, dia seguinte ao ataque. Observe-se que, como expert em estratégia e defesa nacional com décadas de serviço prestado ao Exército da Colômbia combatendo as FARC, o Coronel Villamarín já descartava a ação do que a imprensa costuma chamar de “lobo […]

Merkel e Macron: a UE fortalecida na destruição da Europa

Claudia Wild fala direto da Alemanha sobre a eleição de Emmanuel Macron e o seu alinhamento com Angela Merkel no desmonte dos países europeus através da invasão civilizacional islâmica. Multas de dezenas de milhares de Euros e confisco de bens já estão sendo aplicados na Europa, tudo para garantir estadia para os invasores e a […]

A invasão islâmica na Europa

Claudia Wild apresenta o programa A Hora da Europa, diretamente da Alemanha. Ela conta as modificações sociais e culturais que o continente europeu vem passando após a recente onda de invasores islâmicos que ameaçam de maneira definitiva o futuro da Civilização Ocidental, com o patrocínio da União Europeia e outras organizações globalistas. www.radiovox.org

Perdoar as FARC por seu crime do Clube El Nogal?

O objetivo real do acordo assinado pela senhora Fríes é fazer com que as vítimas que ela representa ajudem a acelerar execução da justiça das FARC, a abominável JEP, que o país rechaça É para que as vítimas perdoem seus carrascos ou para que eles peçam perdão às suas vítimas? No “acordo” que a senhora […]

Não haverá mais oportunidade que agora

Fabulosa, a manifestação do 1 de abril na Colômbia! Milhões saíram às ruas e, apesar de que os grande meios de comunicação invisibilizaram o gigantesco protesto contra Santos e seus acordos com as FARC, foi impossível para este governo corrupto esconder a vergonha do desprezo e a fúria que o povo sente por ele e […]

Trump está banindo muçulmanos?

Medidas similares foram adotadas por inúmeros presidentes americanos, incluindo o presidente Obama, que, em momentos diferentes, baniu o ingresso de iraquianos e de sírios aos Estados Unidos. Não escrevi ainda o artigo detalhado que gostaria de escrever sobre este assunto. Por isso, deixarei aqui alguns comentários rápidos sobre a “polêmica do momento”. Há muitos aspectos […]

O “Daesh” põe o Brasil na berlinda

Desde o fim do ano pasado o EI vem intensificando seus ataques bestiais na Europa, sendo nos últimos meses a França e a Alemanha seus alvos preferidos. O ataque ocorrido em Nice, que deixou um saldo de 84 mortos (a maioria crianças) e mais de 200 feridos, seguido do ataque na Alemanha, vem sendo tratado pela imprensa com um misto de parcimônia, covardia e omissão em relação aos atacantes, uma vez que temos observado um cuidado excessivo em rotular como “doentes mentais” que faziam tratamento psiquiátrico, para encobrir quem eram, na verdade, muçulmanos convictos cumprindo sua missão, terroristas que não agiram sozinhos mas orientado pelas lideranças do bando terrorista.

Guerra do tráfico no Rio: PCC invade o RJ

“A ordem do Marcola é aproveitar a falência do estado, a desmotivação da tropa, a falta de recursos, de armementos e munição. O PCC quer tomar o máximo de comunidades das mãos do Comando Vermelho. Ele vai finaciar essa operação, juntamente com a arrecadação da Rocinha, onde vai chegar o armamento, o dinheiro e as munições.”

 

Os últimos 35 anos de governos esquerdistas no Rio de Janeiro causaram a falência total do Estado e a ocupação das favelas da cidade por organizações narcoterroristas, todas elas ligadas ao Foro de São Paulo. O caos está oficialmente instaurado.

É o Foro de São Paulo no poder através dos seus grupos de guerrilha urbana.

Juiz Odilon de Oliveira fala do PCC, das FARC e do Foro de São Paulo
Entrevista ao jornal CORREIO DO ESTADO, do Mato Grosso do Sul
(13.05.09 Aug 21st, 2009 11:33 pm)

1) CORREIO: O PCC ainda está em atividade no Brasil?

FARC contra a Colômbia: A eminência parda de tudo isso

Os senhores do Secretariado das FARC se vêem muito contentes nesses dias. Enfundados em suas camisetas verde-branca, símbolo da grande pureza que os habita, e alinhados no palanque improvisado de sua X Conferência, nos Llanos del Yari, os chefes do terrorismo na Colômbia acreditam que triunfaram. Todo mundo lhes diz isso. Os 400 jornalistas estrangeiros e colombianos que foram parar nesse fim de mundo para cobrir a parte visível do evento, não pouparam elogios e los bajulam: vocês são fortes e ganharam, explicam. Em Bogotá, os altos amigos secretos de Timochenko repetem esse mesmo refrão nos coquetéis.

Terror islâmico, 15 anos após o 11 de Setembro

Ao se completar 15 anos dos audaciosos ataques terroristas perpetrados pela rede Al-Qaeda em 11 de setembro de 2001, nas cidades de Washington e New York, há elementos de juízo suficiente para avaliar a dinâmica do terrorismo islâmico contra os “infiéis” ocidentais e os “apóstatas” muçulmanos.

 

Durante este agitado lapso, não só a rede Al-Qaeda se fortaleceu, senão que surgiu de seu seio o auto-denominado Estado Islâmico (ISIS), muito mais radical e violento do que seu gestor. Hoje, este novo grupo constitui uma séria ameaça contra a liberdade humana, e por suas conotações geopolíticas e estratégicas poderia ser a chispa que inicie uma conflagração maior no sempre convulsionado Oriente Médio.