1. Notícias Faltantes
  2. Estados Unidos
  3. Destaques

Anthony Weiner na mira da Justiça

2 de fevereiro de 2017 - 10:11:04

Anthony Weiner com a sua esposa Huma Abedin, a braço-direito de HIllary Clinton nos últimos anos

Marido de Huma Abedin, a saudita que foi principal assessora de Hillary Clinton nos últimos anos, o político norte-americano Anthony Weiner, do Partido Democrata, foi acusado formalmente de possuir material pornográfico com crianças, e de ter compartilhado imagens com uma menina de 15 anos.

O escândalo foi considerado um dos principais fatores na desmoralização da candidatura de Hillary Clinton na eleição presidencial em 2016. A alegação de que tudo não passava de “fake news” foi quase unânime entre esquerdistas dos EUA.

Fontes do Wall Street Journal afirmam que, como Weiner solicitou fotos da menina, ele pode um processo por pornografia infantil, o que pode acarretar numa pena de 15 anos de prisão. Essa foi a terceira vez que Weiner foi pego enviando mensagens explícitas. Ele renunciou ao Congresso em 2011 após o primeiro escândalo. O segundo, em 2013, arruinou sua candidatura à prefeitura de Nova York.

Os promotores federais colocaram no processo os materiais com pornografia infantil, após investigações do FBI, através da perícia em aparelhos eletrônicos do democrata, como o laptop e seu telefone celular. Os oficiais da Justiça iniciaram a investigação no ano passado.

Nas últimas semanas, de acordo com uma pessoa que conhece o caso, os advogados de Weiner conversaram com os promotores federais em Manhattan na esperança de dissuadí-los de iniciarem um processo.

O FBI também investiga o esquema de exploração sexual e pedofilia conhecido como Lolita Express, encabeçado pelo milionário Jeffrey Epstein, amigo particular da família Clinton.

Dos 650.000 e-mails descobertos em dispositivos eletrônicos de Anthony Weiner e Huma Abedin, que acabaram incriminando o próprio Weiner.

Lolita Express: Bill e Hillary Clinton na “Ilha da Orgia” pedófila

O Boeing 727 de Jeffrey Epstein, conhecido como “Lolita Express”, com dezenas de registros de vôo com Bill Clinton na lista de passageiros

Jeffrey Epstein já foi condenado em 2008 por solicitar sexo com uma menina. Existem registros de vôos que mostram Bill Clinton como um passageiro freqüente nos vôos conhecidos como “Lolita Express”, no jato privado do milionário pedófilo, tendo Chauntae Davies, uma conhecida atriz de filmes softporn. Entre os 26 vôos identificados que Bill Clinton realizou, pelo menos em 12 viagens ele estava acompanhado de Ghislaine Maxwell, ex-amante do milionário e suspeita de ser a “facilitadora” que arrumava as garotas menores de idade para as orgias.

Segundo o website da Fox News, o avião teria sido equipado com uma cama onde os passageiros mantiveram sexo grupal com meninas. Mas as orgias não ocorreram apenas no jato de Epstein, mas também em sua ilha privada nas Ilhas Virgens, com 72 acres conhecida como “Ilha da Orgia”.

A chamada “Ilha da Orgia”, de Jeffrey Epstein, localizada nas Ilhas Virgens, onde as orgias com menores seriam realizadas

“Bill Clinton estava associado com Jeffrey Epstein, e as pessoas mais próximas dele em Nova Iorque sabiam de seus envolvimentos com pedofilia”, disse Conchita Sarnoff, da organização Alliance to Rescue Victms of Trafficking, sediada em Washington, DC, e autora do livro sobre o caso Epstein intitulado “TrafficKing”. Conchita questiona: “Por que um ex-presidente está ligado a um homem como esse?”.

A “facilitadora” do sexo com menores Ghislaine Maxwell, na cerimônia de casamento da filha de Bill e Hillary Clinton

Epstein que contou com a amizade de figuras da realeza, chefes de estado, celebridades e bilionários, passou 13 meses preso em penitenciária e prisão domiciliar, por solicitar e obter relações com prostituição infantil.

Ele possuía uma equipe de traficantes de pessoas que procuravam garotas de até 12 anos para atender os seus amigos na “Ilha da Orgia”, conhecida como Little St.James.

Os registros do Tribunal demonstram que Jeffrey Epstein possuia 21 diferentes números de telefone de Bill Clinton. Isso prova que os dois eram bem próximos, mas qual seria o envolvimento de Hillary Clinton e Epstein? Segundo o website World Net Daily, existem evidências de que Hillary visitou a “Ilha da Orgia”. Citando uma fonte confiável do Departamento de Polícia de Nova Iorque, o fundandor da Blackwater USA e ex-membro do grupo de elite da Marinha dos EUA, Erik Prince, afirma que entre os 650.000 e-mails encontrados no laptop de Huma Abedin e seu marido informações sobre o fato de que Hillary Clinton esteve pelo menos 6 vezes na “Ilha da Orgia” do pedófilo Epstein. Entre outras informações, existem provas que incriminadoras que indicam lavagem de dinheiro.

Rituais satanistas com os coordenadores da campanha presidencial de Hillary Clinton

Das abomináveis revelações vazadas pelo Wikileaks durante a eleição presidencial norte-americana de 2016, consta os e-mails dos irmãos John e Anthony Podesta, o presidente e coordenador da campanha eleitoral de Hillary Clinton, organizando uma “festa” que na verdade seria um ritual conduzido pela “artista performatica” e satanista Marina Abramovic, seguidora do bruxo Aleister Crowley. O conhecido ritual de magia negra que Marina realiza, possuí elementos como sangue, esperma e leite materno oferecidos a demônios adorados na seita thelemita. Crowley era conhecido por criar e promover rituais envolvendo crianças, onde a pedofilia e até o assassinato ritualístico de menores era e é utilizado para obtenção de “poderes mágicos” e exaltação do diabo.

John Podesta e as principais assessoras de Hillary Clinton sabiam desde 2011 dos envolvimentos sexuais de Anthony Weiner, na época congressista em Washington, mas não fizeram absolutamente nada para afastar ele e Huma Abedin em 2015-16 da candidatura presidencial do partido.

Tudo isso são fatos reais, omitidos ou pouco divulgados pela grande mídia mundial, rotulando de promotores de “Fake News” ou “Teoria da Conspiração” quem não aceita submeter-se as suas amarras psicológicas do politicamente correto, que são as principais armas que garantiram até então o poder aos membros e seguidores da ditadura globalista revolucionária.

Alex Pereira, jornalista e editor-chefe da Rádio Vox

LINKS:

MÁTERIA DA GAWKER QUE PROVA OS REGISTROS DOS VÔOS DE CLINTON NOS JATOS DE EPSTEIN
http://gawker.com/flight-logs-put-clinton-dershowitz-on-pedophile-billio-1681039971
REGISTROS DOS VÔOS
https://www.documentcloud.org/documents/1507315-epstein-flight-manifests.html
INDÍCIOS DE HILLARY NA ILHA DA ORGIA
http://www.wnd.com/2016/11/source-fbi-has-evidence-hillary-visited-orgy-island/
JOHN PODESTA E A CÚPULA DEMOCRATA SABIAM DOS ENVOLVIMENTOS DE WEINER DESDE 2011
http://www.dailywire.com/news/10383/11-things-you-need-know-about-anthony-weiner-aaron-bandler
http://www.nydailynews.com/news/politics/clinton-aides-worried-weiner-sexting-2011-wikileaks-article-1.2852398
LOLITA EXPRESS
http://www.infowars.com/will-the-fbi-email-investigation-shed-new-light-on-the-lolita-express-and-other-clinton-sex-scandals/
PRÍNCIPE ANDREW DO REINO UNIDO FREQUENTAVA A ILHA DA ORGIA
http://www.mirror.co.uk/news/world-news/prince-andrew-allegation-first-pictures-4925112
SE PROVADO A TENTATIVA DE OBSTRUÇÃO DA JUSTIÇA, HILLARY PODE PEGAR 20 ANOS DE PRISÃO
http://themostimportantnews.com/archives/if-hillary-clinton-is-charged-with-obstruction-of-justice-she-could-go-to-prison-for-20-years
BILL CLINTON NO LOLITA EXPRESS
http://www.foxnews.com/us/2016/05/13/flight-logs-show-bill-clinton-flew-on-sex-offenders-jet-much-more-than-previously-known.html