Eleições


Palestra de Olavo de Carvalho no encontro com Jair Bolsonaro e Jeffrey Nyquist em Nova Iorque

Conferência transmitida para o encontro com Jair Bolsonaro e Jeffrey Nyquist em Nova Iorque Olavo de Carvalho 14/10/2017 Transcrição de Eduardo Bueno (não revista pelo autor) Nota de Olavo de Carvalho: Não conheço o autor da transcrição.   Boa tarde a todos. Muito obrigado ao André Khan e aos demais organizadores desse evento; obrigado ao […]

“Distorções e simplificações pueris”- Olavo comenta a entrevista à Folha

Dar uma entrevista à “Folha de S. Paulo” é confirmar, uma vez mais, a definição enunciada por Mário Vargas Llosa: “O jornalismo é uma máquina na qual entra um homem e sai um hamburguer.” A repórter Isabel Fleck conversou comigo durante duas horas e quarenta e seis minutos só para me transformar no estereótipo que […]

Ataque ao voto impresso: mais um golpe contra a frágil democracia brasileira

No Brasil, os responsáveis pelo sistema eleitoral são os menos interessados em promover meios de auditoria e fiscalização dos resultados.   Não fosse o alerta do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que foi ouvido e acatado por seus pares, as eleições de 2018 estariam, de antemão, sob forte suspeita, uma vez que a implantação do voto […]

Urnas eletrônicas: TODAS foram violadas em teste na Defcon

“Todos os modelos testados, invariavelmente, foram facilmente invadidos em menos de duas horas.”   Vejo que alguns espíritos já se assanham com a disputa presidencial de 2018. Lula – o condenado – deu o mote ao espalhar a tese de que uma eleição sem sua candidatura seria uma eleição ilegítima. Repetida religiosamente por serviçais ideológicos, […]

Brasil: os ardis do establishment para a extinção da democracia

As várias armadilhas em preparação para que a máfia que domina Brasília acabe de vez com o poder do voto e não tenha mais satisfações a prestar à nação, bem como os últimos acontecimentos políticos no Oriente Médio, são os temas analisados por Heitor De Paola na mais recente edição de seu programa, ‘O Outro […]

Santos: a acatar o que o país disse neste 1º de abril

A segunda fase do combate do povo colombiano em defesa de suas liberdades e contra o regime ilegítimo de Juan Manuel Santos, e de seu comparsa, as FARC, começou. As marchas e manifestações pacíficas de ontem em 20 cidades da Colômbia e em algumas do exterior, foram um êxito indiscutível e abriram, queira Santos ou […]

Já que falaram em bestas

“Pro grego, o pai de família, esse que cuida de tudo, da economia, ele chama despotes. Ele é o déspota. É por isso que quando os gregos inventam a política, a primeira coisa que eles fazem é seguir o espaço privado da família despótica. O pai de família e a mãe é a mesma coisa. Isso que nós entendemos que é o pai, a mãe e os filhos, e que tem que acrescentar avô e avó, tio e tia, primo e prima, isso é uma invenção do capitalismo, no final do século XVIII, durante o século XIX. Então tem data esse tipo de família, chamada família conjugal. Como a família restrita tem quase menos de dois séculos, um século e pouco. É recentíssimo. É por isso que é um assunto divertido os caras fazem barulho defendendo a família como uma instituição natural, eterna. Sabe, são umas bestas”.

(Esse trecho da palestra da socióloga Marilena Chauí a estudantes do Colégio Oswald de Andrade, em SP, pode ser assistido aqui).

Storytelling e inteligência na disputa política: reflexões pós corrida eleitoral

Marketing político exige a execução de técnicas sofisticadas. Campanhas realizadas de forma medíocre, antiquadas ou restritas ao “feijão com arroz” (candidato falando, edição de imagens com candidato, candidato em passeatas, candidato em carreatas, visitas do candidato a comunidades…) são campanhas fadadas ao fracasso.

Adeus à dinastia K?

 


Daniel Scioli (esq.) enfrentará Mauricio Macri (centro) no próximo 22 de novembro. A quem Sergio Massa (dir.) apoiará? (Foto AFP)

A Argentina foi às urnas em 25 de outubro de 2015 para eleger seu novo presidente da República. Embora tivesse tentado por todos os meios, Cristina Kirchner não conseguiu sua terceira eleição, como já fizeram seus camaradas do Foro de São Paulo Evo Morales, Rafael Correa, Daniel Ortega e Hugo Chávez, agora na pessoa nefasta de Nicolás Maduro.

 

Toda a imprensa nacional e internacional dava como favas contadas a vitória do candidato kirchnerista Daniel Scioli, porém, fartos de tanta roubalheira, inflação (que já atinge a casa dos dois dígitos), insegurança e miséria, os eleitores disseram não à continuidade levando dois candidatos ao segundo turno que acontecerá em 22 de novembro: o opositor Mauricio Macri, da aliança Cambiemos, e Scioli, do FpV (Frente para a Vitoria).

Pedido de cassação do PT é protocolado em Brasília


(Comentado por Olavo de Carvalho.
)

Protocolei em Brasília, nesta terça-feira (24), o pedido de cassação do registro do PT, por sua vinculação ao Foro de São Paulo, ao violar o Art. 28, alínea ii, da Lei dos Partidos Políticos, e outros encaminhamentos.

Ao todo foram quatro requerimentos protocolados, seguindo as recomendações do Prof. Olavo de Carvalho [http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/foro-de-sao-paulo/15716-2015-03-19-01-27-31.html].

 

No TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL:

1) Protocolo nº 5.754/2015: que pede a cassação do registro do PT [por sua vinculação ao Foro de São Paulo], por violar o art. 28, alínea II, da Lei dos Partidos Políticos, que determia que seja cassado o registro de partido que esteja “subordinado a entidade ou governo estrangeiro”.