eugenia


Charlie Gard: a mobilização imprescindível para salvar sua vida

Deus está falando com a humanidade através do martírio do indefeso bebê Charlie Gard. O bebê britânico Charlie Gard, de 10 meses, internado no Great Ormond Hospital, em Londres, pode passar por um tratamento experimental que o ajude a resistir à síndrome de depleção do DNA mitocondrial, mas a Corte Europeia de Direitos Humanos aponta, […]

Esquerda & eugenia: uma história de amor

negrascontraoaborto

Negras protestam contra práticas eugenistas nos EUA.

Além do seu racismo politicamente correto, a esquerda tem uma longa história de amor pela eugenia. Aliás, historicamente, é possível apontar alguns pensadores de esquerda como percussores do movimento eugenista na Europa e nos Estados Unidos.

Eutanásia de recém-nascidos na Holanda abre nova fase na luta contra o aborto

Sem dúvida foi chocante e indignante a notícia sobre a planejada legalização da matança de recém-nascidos doentes na Holanda. A introdução da eutanásia para neonatos está abrindo uma fase completamente nova na luta pelo direito à vida.

A partir de agora será possível matar recém-nascidos, evidentemente sem a sua anuência.

A matança de neonatos não é nenhuma invenção dos tempos modernos. Já era praticada entre os povos pagãos. Somente com o advento do Cristianismo é que houve uma mudança de consciência e cessou essa prática tão inumana, injusta e cruel como o aborto.

Assim, a introdução legal da eutanásia para recém-nascidos documenta não apenas a decrescente influência que o cristianismo exerce em nossos dias, mas também para onde se dirige a nossa sociedade em razão do desaparecimento da influência cristã. Ela está voltando, em sua decadência, à barbárie e ao paganismo.

Células-tronco embrionárias, aborto e clonagem humana

O verdadeiro objetivo da pressão internacional pela legalização da experimentação com as células tronco embrionárias não consiste na esperança, muito remota por sinal, e reconhecida como tal pelos próprios cientistas, de obter-se a cura de algumas doenças hoje temidas. Trata-se do mesmo fenômeno que observamos na luta para legalizar o aborto terapêutico onde tal exceção não existe na legislação vigente, quando se sabe que não existem mais casos em que um médico seja obrigado a escolher entre a vida da gestante ou a prática de um aborto provocado, ou também da pressão pela legalização do aborto em casos de estupro, quando esta exceção não existe, ou pela implantação de serviços para oferecê-lo à população, freqüentemente carente de outras medidas sanitárias básicas. As organizações que lutam por estes marcos legais, e mais principalmente aquelas que pesadamente as financiam, não estão preocupadas com as vítimas de estupro, ou com as mães, inexistentes, que morrem pela inexistência da figura do aborto terapêutico. Analogamente ao que ocorre nestes casos, a legalização da experimentação com células tronco embrionárias está para a clonagem  reprodutiva assim como a legalização do aborto em caso de  estupro está para a completa legalização do aborto, e isto não somente do ponto de vista formal, mas na própria intenção premeditada dos verdadeiros promotores destas práticas.

Um totalitarismo hi-tech?

transhumanO filósofo francês Louis Lavelle, comentando as descobertas científicas de Max Plank, Werner Heisenberg, Einstein, Louis de Broglie e outros, em meados da década de 30 na revista Le Temps, observava que com os avanços na pesquisa sub-atômica, a nova física que surgia apontava para fenômenos completamente distintos do que até então se conhecia, o que causou muitas surpresas. Lavelle percebia que, mesmo diante de novidades  desconcertantes,  “a ciência provoca no espírito uma espécie de embriaguez”,  parecendo colocar nas mãos do homem parte do poder criador, por ser “uma  arma prodigiosa, cujo valor depende do uso que se fizer dela”. Por este motivo, Lavelle constatava que, por outro lado, tudo isso produzia “certo calafrio mesmo naqueles que mais a admiram e amam”.

Lavelle apontou para questões relativas à imagem que a ciência fazia de si mesma, do próprio mundo material que é seu objeto de investigação, e as implicações de questões como essas para o espírito humano. “A ciência não busca mais nos dar uma imagem das coisas. Ela as transforma e multiplica”.

O darwinismo é a raiz da cultura da morte

Antes de iniciar seus experimentos sexuais, Kinsey, também um eugenista, era um zoólogo e autor de um proeminente livro escolar de biologia que promovia a evolução.

O que Margaret Sanger, a fundadora da Federação de Planejamento Familiar, e Alfred Kinsey, “o pai da revolução sexual”, Lênin e Hitler têm em comum?

Todos esses pioneiros do que alguns chamam de cultura da morte tinham o darwinismo como raiz de suas convicções e ações — um fato pouco conhecido que um líder conservador diz não deveria ser ignorado.

Hugh Owen do Centro Kolbe para o Estudo da Criação disse a uma audiência em Washington antes da Marcha para a Vida do mês janeiro passado que as consequências filosóficas do darwinismo “destruíram totalmente muitas partes de nossa sociedade”.

O aborto e a engenharia das mariposas

O desafio do controle demográfico mundial não poderia ser vencido a longo prazo pela pressão sobre os governos, mas somente através de uma revolução cultural de natureza sexual. Com as feministas trabalhando pela causa, a pressão aos governos tornava-se indireta e muito mais eficiente.

Quando os estudos demográficos chegaram no Brasil, por meio de institutos europeus e norte-americanos, na década de 1950, o viés controlista, isto é, a idéia de controlar o crescimento da população, contava com grande desaprovação interna e até temor do imperialismo do mundo desenvolvido, tanto da direita quanto da esquerda. Hoje este medo está superado e toda a imprensa, assim como o sistema educacional, espalha o consenso internacional dessa “sustentabilidade” pelo preço da morte de seres humanos.

Heitor De Paola fala sobre gayzismo, aborto e eugenia

Em entrevista para o site Fé em Jesus, o escritor, psicanalista e colunista do MSM Heitor De Paola abordou, dentre outros assuntos, a tirania pró-gay e marxistóide do Conselho Federal de Psicologia, o “kit gay” nas escolas e as conseqüências psicológicas terríveis que sofrem as mulheres que abortaram seus bebês. A entrevista foi conduzida pelo jornalista Sandro Guidalli.

 

Ontem (24), o Portal Fé em Jesus denunciou que a ministra Menicucci e uma assessora viajaram este mês a Nova York, às custas do contribuinte, apenas para participar das comemorações dos 30 anos do CEDAW, um dos comitês de Direitos Humanos da ONU que oficialmente é responsável por cobrar dos países membros o cumprimento de políticas em favor das mulheres. No entanto, na prática, o Comitê opera em favor da descriminalização do aborto nestes países, como o Brasil.

True Outspeak – 13 de junho de 2012

{youtube}KCPPkJHMJD0{/youtube}


Notícias comentadas no programa

Nota de Falecimento de Dom Luiz Gonzaga Bergonzini

>> No site da Diocese de Guarulhos

Documentário “Obama and Israel”

>> No site Accuracy in Media

Ion Mihai Pacepa, ex-chefe da KGB na Romênia, fala do futuro marxista da América

>> No site Accuracy in Media

As ligações de Obama com o partido socialista New Party, de Chicago

>> No site New Zeal

43 organizações católicas processam a administração Obama devido a mandato abortista

>> No site Fratres in Unum

Mídia americana ignora manifestações contra ObamaCare em 164 cidades

>> No site Life Site News

‘Gattaca’ começa a virar realidade com novo procedimento que testa presença de 3.500 deficiências genéticas em bebês ainda no útero

>> No site Natural News

A Marcha do Vadio, ou: Soneto do novo Calígula

>> No site Mídia Sem Máscara

Segundo Federal Reserve, riqueza das famílias americanas teve queda de 40% entre 2007 e 2010

>> No site do jornal The Washington Post

Alemães cada vez mais desiludidos com Obama

>> No site da revista Spiegel

Pesquisa mostra queda de apoio a Obama em todo o mundo

>> No site da BBC

Mídia esconde natureza racial da violência de “flash mobs”

>> No site Accuracy in Media

Lei na Dinamarca obriga Igreja Luterana a oficiar casamentos gays

>> No site Life Site News

Revista Time faz campanha em favor da eutanásia

>> No site Natural News

Ativista gay condenado consegue restraining order contra repórter que o denunciou

>> No site Mass Resistance

Após proibir embalagens grandes de refrigerante, conselho de saúde de Nova York quer limitar venda de pipoca

>> No site da Fox News

Sem educação formal, irmãos ganham prêmios

>> No site do jornal O Estado de S. Paulo

Cresce adesão dos pais ao ensino domiciliar no país

>> No site do jornal Folha de S. Paulo

Site recomendado sobre homeschooling

>> No site Educação de Crianças

Governo americano desdenha ameaça de peças chinesas com acionamento remoto

>> No site World Net Daily

Eric Holder deve enfrentar julgamento por desacato ao Congresso

>> No site do jornal Washington Times

 

Notícias não comentadas no programa

TCU investiga convênios da UNE com governo federal

>> No site do jornal O Globo

Reportagem da CNN recorre a fraude para derrubar argumentos dos birthers

>> No site World Net Daily

Rede de TV financiada pela Rússia acusa Obama de ser espião da CIA

>> No site Accuracy In Media

Riscos da maconha são ‘subestimados’, dizem especialistas

>> No site do jornal O Estado de S. Paulo

APDA: governo venezuelano executa um golpe de Estado lento e progressivo

>> No site do jornal El Nacional

Rússia testa nova versão do míssil Topol-M

>> No site da Kwait News Agency

Dirceu convoca “juventude socialista” e a UNE a sair às ruas em sua defesa

>> No blog de Reinaldo Azevedo

Homem invade residência e é morto por idosa de 87 anos

>> No site do jornal O Estado de S. Paulo

RS: idosa que matou assaltante será indiciada por homicídio doloso

>> No site Terra Notícias

Ministério Público deve arquivar denúncia contra idosa que matou assaltante em Caxias do Sul

>> No site Clic RBS

O Diabo veste Democrata

Já se sabe que não há limites possíveis para a hipocrisia e a dualidade de critérios dos democratas. Pelo que a grande questão que habitualmente se coloca é apenas a de saber se os novos exemplos de “olha para o que eu digo, não para o que eu faço” dos “azuis” serão ou não… risíveis.

E, quanto a gargalhadas, dois dos mais recentes anúncios da campanha de Barack Obama arrancam bastantes. Neles é promovido um jantar de angariação de fundos no apartamento (que custou 20 milhões de dólares) de Sarah Jessica Parker. Esta atriz, logicamente, protagoniza um deles, onde afirma que “aquele tipo” que “terminou a guerra no Iraque, disse que podes casar com quem quiseres (incluindo pais e irmãos?) e que criou quatro milhões (?!) de novos empregos (…) precisa de nós”.